Últimas

Justiça francesa investiga acusações de abuso sexual contra deputado

Paris, 10 Mai 2016 (AFP) – A justiça francesa anunciou nesta terça-feira a abertura de uma investigação sobre as acusações feitas por oito mulheres contra o deputado ecologista Denis Baupin, que renunciou na véspera de seu cargo de vice-presidente da Assembleia Nacional (câmara baixa).

Estas acusações podem ser “classificadas de agressões sexuais, perseguições sexuais, chamadas telefônicas mal-intencionadas”, indicou um comunicado do Ministério Público de Paris.

“A investigação vai trabalhar para ouvir os testemunhos das supostas vítimas que se expressaram nos meios de informação, para verificar as datas e lugares dos crimes e para ouvir toda testemunha útil”, afirmou a procuradoria, informando que até o momento não recebeu “nenhuma demanda relacionada a estes crimes”.

A ministra francesa de Habitação, Emmanuelle Cosse, esposa de Baupin, havia estimado pouco antes em declarações por rádio que cabe à justiça se pronunciar sobre estas acusações “de gravidade extrema”.

“Se os fatos ficarem demonstrados, isso deve ser tratado pela justiça. E se não forem, também”, disse, garantindo ter confiança em seu marido.

A imprensa francesa revelou na segunda-feira que oito mulheres, ao menos quatro delas vereadoras, acusam Baupin de agressão sexual e perseguição sexual por crimes hoje prescritos.

Diante do escândalo, Denis Baupin renunciou ao seu cargo de vice-presidente da Assembleia, rejeitando ao mesmo tempo as acusações das quais é alvo.

Seu advogado indicou que planeja apresentar uma demanda por difamação.

nal-lum-mc.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *