Últimas

Militares colombianos matam 4 guerrilheiros do ELN em operação

Bogotá, 7 mai (EFE).- Quatro guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN), entre eles um dos líderes do grupo, morreram neste sábado em uma operação militar realizada na região rural do departamento de Chocó, no oeste da Colômbia.

A ação, que segue em andamento, ocorreu em El Morro, no município de Alto Baudó, onde os militares tiveram o apoio de dados de inteligência fornecidos pela polícia, disse o Exército em nota.

Entre os guerrilheiros mortos está o conhecido como “Franklin”, que segundo as autoridades era líder da Frente Resistência Cimarrón do ELN, responsável pela estrutura armada e suporte financeiro.

Além disso, “Franklin”, de 55 anos, é suspeito de ser o autor de vários assassinatos de líderes indígenas e camponeses, além do sequestro de um prefeito da região em 2015.

O Exército da Colômbia afirmou que a Frente Resistência Cimarrón foca sua atividade no narcotráfico e fornece “segurança à mineração criminosa da região, repassando mais de 3,25 bilhões de pesos (US$ 1 milhão) mensais à guerrilha”.

“A operação afeta significativamente a receita econômica produto do narcotráfico”, afirmaram os militares no comunicado.

Durante a operação foram apreendidos dois fuzis e “material relevante para a inteligência militar”, conclui a nota.

O ELN e a Colômbia anunciaram no último dia 30 de março, em Caracas, um acordo para iniciar a fase pública dos diálogos de paz, que não começarão até que a guerrilha desista de praticar sequestros, afirmou o presidente do país, Juan Manuel Santos.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *