Últimas

Morre em São Paulo, aos 49 anos, o crítico de cinema Christian Petermann

O crítico de cinema Christian Petermann, 49 anos, morreu na noite desta terça-feira (3) em São Paulo. Petermann, que tinha 30 anos de experiência na área, era membro-fundador da Abraccine (Associação Brasileira dos Críticos de Cinema).

A informação foi confirmada em sua página oficial no Facebook. O profissional completaria 50 anos no próximo dia 16 de maio.

Há uma semana, Christian sofreu uma forte crise de asma seguida de uma parada cardiorespiratória. Ele foi internado no Hospital das Clínicas onde ficou em coma induzido. Nesta terça, seu quadro piorou e ele sofreu outra parada e não resistiu.

O crítico de cinema e blogueiro do UOL, Roberto Sadovski, lamentou a perda do amigo, com o qual trabalhou na revista “Set”. “Christian foi um de meus primeiros amigos em São Paulo. O primeiro elo com o mundo do cinema aqui. Um amigo querido e um cara que me ensinou um monte sobre o que é ter paixão por filmes. Energia boa, sempre de bom humor. O cinema perde demais sem ele”.

Em nota, a Abraccine também lamentou a morte de Petermann. A última contribuição do crítico para a entidade foi um texto sobre o filme “O Bandido da Luz Vermelha”, de Rogério Sganzerla, que será publicado pela associação no livro “Os 100 Melhores Filmes Brasileiros”, a ser lançado em julho.

Petermann colaborou para veículos como “SET”, “Guia da Folha de S. Paulo”, “Rolling Stone” e no programa “Todo Seu” (TV Gazeta). Ele foi curador do festival semestral Cine Vitrine Independente e consultor para a ONG CineMaterna.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *