Morre uma das vítimas de possível ataque jihadista na Alemanha

Berlim, 10 mai (EFE).- Um homem morreu nesta terça-feira perto da cidade de Munique, no sul da Alemanha, após ser atacado com uma faca por um suspeito, que já foi detido, enquanto supostamente gritava “Allah akbar” (Alá é grande), informaram as emissoras públicas “ARD” e “Bayerische Rundfunk”.

Além disso, pelo menos três pessoas ficaram feridas neste ataque, que aparentemente foi indiscriminado.

O agressor foi detido por volta das 5h locais (0h de Brasília) próximo da estação de trem de Grafing, no município de Ebersberg, onde ocorreu o ataque.

As forças de segurança estão investigando o ocorrido, assim como as declarações de várias testemunhas, que relataram que o homem gritou “Alá é grande” antes de atacar vários transeuntes de forma indiscriminada, segundo o “Süddeutsche Zeitung”.

O jornal popular “Bild” acrescentou que tanto o Escritório de Investigações Criminais da Baviera como a procuradoria estadual estão cuidando do caso.

De acordo com o site da publicação “Der Spiegel”, a polícia não descartou que o ataque tenha ocorrido por “motivação política”.

A estação de Grafing permanece fechada e o trânsito de trens nas cercanias está interrompido, já que a polícia está investigando o “cenário de um crime”, explicou um porta-voz da polícia de Oberbayern Nord.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *