Mossack Fonseca anuncia ações na Justiça contra consórcio de jornalistas

Panamá, 10 mai (EFE).- O escritório de advocacia e gestão de patrimônios Mossack Fonseca, epicentro dos chamados Panama Papers, anunciou nesta terça-feira que entrará com ações na Justiça “contundentes” contra o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ, na sigla em inglês) por ter divulgado ontem sua base de dados completa.

“Como empresa responsável e respeitosa da liberdade de imprensa, buscamos comunicação para evitar as ações legais. No entanto, (…) o consórcio nos obriga a iniciar ações legais contundentes para nos proteger de atos como este”, afirmou a companhia em comunicado.

A organização jornalística pôs ontem à disposição do público os 11,5 milhões de documentos que foram vazados dos servidores da Mossack Fonseca para que os usuários possam buscar informações sobre mais de 200 mil companhias, fundações e fundos de investimento radicados em diferentes paraísos fiscais.

“Reiteramos que o uso de informação privada roubada é um crime em todos os Estados nos quais temos presença. O Mossack Fonseca opera em todas as jurisdições sob o cumprimento das regulações respectivas da indústria e todos os serviços que presta são fornecidos sempre dentro do âmbito legal”, apontou o escritório.

Além disso, acrescentou a firma, a informação divulgada pelo consórcio de jornalistas “está carregada de erros, leva a conclusões erradas e ataca de forma irresponsável empresas prestigiadas e legais”.

O ICIJ, ao entrar na base de dados, que desde ontem está disponível na internet, adverte aos usuários que as sociedades “offshore” têm “usos legítimos” e ressalta que não pretende dizer que as pessoas ou as companhias que aparecem nos documentos descumpriram a lei.

O escândalo, considerado a maior filtragem da história do jornalismo, afeta mais de 140 políticos e altos funcionários de todo o planeta, entre eles vários chefes e ex-chefes de Estado e de governo, além de seus familiares.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *