Motoristas questionam validade de multas idênticas recebidas em Maceió

Documento aponta mesma infração cometida em hora e local iguais. SMTT justifica que pode ter havido falha humana ou problema no sistema.

 

Motoristas utilizaram as redes sociais nesta terça-feira (3) para reclamar que receberam multas idênticas pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), quando na verdade, segundo eles, nem sequer estavam dirigindo o veículo nas circunstâncias apontadas pelo órgão. A SMTT disse que vai apurar o caso quando for procurada pelos motoristas.

Em um dos casos, o gerente de contas Filipe Saulo Novaes Guedes de Luna conta que recebeu a multa por circular dentro da faixa exclusiva para ônibus na Avenida Fernandes Lima, em Maceió. No entanto, ele afirma, na publicação que fez, que no dia da suposta infração, não estava na capital, mas sim com o carro em Recife, capital de Pernambuco, a trabalho.

No mesmo texto, o gerente de contas conta que um amigo, o empresário Thiago Barros Gomes Ferreira, recebeu a mesma multa. Só que no caso dele, o carro havia batido uma semana antes, e não havia saído da oficina até então. E durante uma conversa, uma outra amiga de Luna contou que o sogro também foi punido pela mesma infração, nas mesmas condições.

“Meu amigo estava consultando a CNH dele e viu que tinha uma multa, aproveitei para consultar a minha e verifiquei que também tinha uma em meu nome. Na segunda (2), ele recebeu a notificação pela manhã e eu, à tarde. Foi aí que vimos que havíamos sido multados no mesmo local, na mesma hora pelo mesmo motivo. Só que eu estava viajando a trabalho, e ele tinha batido o carro na semana anterior e estava sem dirigir”, contou Luna à reportagem do G1.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da SMTT disse que pode ter havido falha humana no registro das infrações, ou mesmo um problema no sistema informatizado do órgão, que teria provocado a duplicação da multa. Em casos como esse, quando problemas dessa natureza são identificados, as infrações são rapidamente anuladas.

Foto das multas compartilhada nas redes sociais mostra que elas são idênticas (Foto: Arquivo Pessoal/ Fillipe Luna)Foto das multas compartilhada nas redes sociais mostra que elas são idênticas (Foto: Arquivo Pessoal/ Fillipe Luna)

Ferreira, amigo do gerente de contas, também se mostra indignado com a situação. “O carro da minha empresa tinha batido no dia 9 e mandei direto para a oficina. Aí, recebo uma multa por uma infração cometida três dias depois, com o carro ainda sem rodar”.

Na publicação, o gerente de contas compartilhou uma foto das duas notificações. Ambas foram registradas pelo mesmo agente da SMTT, identificado pelo número 1507, às 17h30 do último dia 12 de abril, próximo a uma igreja.

A infração foi considerada leve e gerou uma multa de R$ 53,21, além de descontar 3 pontos na carteira de cada um dos motoristas.

O empresário contou que vai procurar a SMTT ainda nesta segunda para recorrer da multa. “Hoje vou juntar a documentação para comprovar que o carro estava parado. Já paguei multas anteriores, mas agora não sei se cometi mesmo as infrações. Em uma situação como essa, você se sente lesado”.

“Vou recorrer, pois tenho comprovantes de pagamento que provam que eu não estava em Alagoas naquele dia. O valor é irrisório, mas se deixar passar, vai ser um pouco de um motorista, um pouco de outro, e a prefeitura vai enchendo o caixa de maneira ilegal”, conclui Luna.

 

G1

    Deixe seu comentário

    Comentários via Facebook

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *