Na Inglaterra, Mourinho não quer saber de brigas com Guardiola

O treinador português deixou a entender que problemas foram causados pela rivalidade excessiva entre Real Madrid e Barcelona

Torcedores, jornalistas e fãs de futebol no geral estão ansiosos pela próxima temporada do Campeonato Inglês. Afinal de contas, o clássico de Manchester colocará frente a frente os técnicos José Mourinho e Pep Guardiola.

Mourinho foi apresentado recentemente como novo treinador do United, enquanto Guardiola já havia sido anunciado pelo City enquanto vivia seus últimos meses no Bayern de Munique. Considerados os dois maiores técnicos dos últimos anos, eles tiveram muitos atritos quando comandavam Real Madrid e Barcelona, respectivamente.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
O futuro de Pato | Contratações pesadas para a próxima temporada! | O que esperar da próxima Champions?


Em 2011, antes do El Clásico válido pelas semifinais da Champions League, Guardiola criticou Mourinho em uma entrevista coletiva. Meses depois, o português cutucou o olho de Tito Vilanova, na época assistente do espanhol, e iniciou uma grande confusão entre jogadores e membros das comissões técnicas.

Só que as coisas mudam, e Mourinho afirmou, em palestra para a Universidade de Lisboa, que não vai querer incentivar polêmicas com Guardiola no futuro: “Minha experiência não me permite ser inocente”, disse. “Durante dois anos eu estive com Guardiola em um campeonato no qual ou ele ou eu sairíamos campeões. Aqui, se eu focar nele ou ele focar em mim, o campeão vai ser outro”.

O “Special One” também tranquilizou os torcedores portugueses – seja de Sporting, Benfica ou Porto – ao garantir que não tem a intenção de contratar jogadores dos clubes de seu país natal.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *