Últimas

O artilheiro, o 'quebra-galho' e o fã – a repercussão de Panamá 0 x 2 Brasil

Renato Augusto, Jonas e Gabriel falaram após o último teste da Seleção antes da Copa América

Longe de impressionar, mas com o sentimento de missão cumprida. O Brasil bateu Panamá por 2 a 0 neste domingo, em Denver, e encerrou sua preparação para a estreia na Copa América Centenário no próximo sábado, contra o Equador, em Pasadena. Com direito a gol de dois “estreantes”, sendo um deles, de fato, novato na Amarelinha: o titular Jonas marcou o primeiro gol da noite, quase cinco anos depois do seu primeiro tento com a Seleção, e acabou substituído pelo jovem Gabigol, que fechou a conta no Dick’s Sporting Goods Park.

Além dos dois, o meia Renato Augusto também comentou sobre ter sido deslocado de função ao longo do duelo, recuando mais quando Luiz Gustavo foi sacado da partida. Confira o que eles disseram!


(Foto: Lucas Figueiredo/MoWA Press)

JONAS

“Acho que o jogo foi bem controlado da nossa parte. A gente criou oportunidades, até pra sair em uma vantagem maior que o 1 a 0. Fizemos o gol muito cedo, isso deu tranquilidade. Acho que faz parte da preparação”

“Eu estou feliz com a oportunidade, buscava muito isso. Tive uma temporada muito importante no Benfica, que me ajudou a estar aqui, então tô feliz e contente pela vitória, e pela preparação da Seleção na competição.”

“É importante fazer gol, ainda mais assim no início da partida. Dá tranquilidade não só pra mim mas pra toda a Seleção, estão todos de parabéns. Os treinamentos da semana foram fortes, vale ressaltar isso também, por isso as pernas estão um pouco pesadas. Agora é pensar no sábado e na estreia.”


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
As estatísticas do duelo | Repercussão: Jonas, Gabriel e R. Augusto | Mais SELEÇÃO BRASILEIRA


RENATO AUGUSTO

“É uma função que eu já exerci várias vezes, tanto no Corinthians e até mesmo na Alemanha. Fiz também muito disso contra o Paraguai, nas Eliminatórias. Gosto de jogar ali, mas o mais importante é estar jogando, independentemente da posição. Quero poder ajudar, e sair daqui campeão.”


(Foto: Lucas Figueiredo/MoWA Press)

GABRIEL BARBOSA

“Muito feliz pela estreia e pelo gol, nunca vou esquecer pro resto da vida. Agradeço a muitas pessoas, ao professor Dunga pela chance, e aos jogadores pela confiança.”

“Estou aqui para aprender. Muitos jogadores aqui são meus ídolos, então jogar ao lado de Daniel Alves, Kaká é realizar um sonho. Ver esses caras na televisão, e agora estar jogando ao lado deles, e fazendo gol, estou muito contente. Independente do lado ou centralizado, eu quero ajudar.”


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *