Últimas

Oito soldados mortos em operações contra o PKK no sudeste da Turquia

Istambul, 13 Mai 2016 (AFP) – Oito soldados morreram e vários ficaram feridos nesta sexta-feira em operações contra o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) na província de Hakkari, na região sudeste, de maioria curda, da Turquia, anunciou o Estado-Maior do país.

Seis soldados morreram em confrontos com rebeldes curdos perto de uma base militar do distrito de Cukurca e outros dois na queda de um helicóptero militar, enviado como reforço para a mesma localidade, informou o exército.

Seis integrantes do PKK, considerado uma “organização terrorista” por Turquia, Estados Unidos e União Europeia, também morreram nos combates.

O exército turco iniciou uma operação militar na região, para onde foram enviados bombardeiros e helicópteros de ataque.

A Turquia anunciou que 15 integrantes do PKK morreram na manhã desta sexta-feira na província vizinha de Sirnak.

O sudeste da Turquia, que tem população majoritariamente curda, sofre com os atentados e combates diários entre as forças turcas e os rebeldes desde o reinício das hostilidades ano passado, que acabaram com as negociações de paz entre Ancara e o PKK para buscar uma solução para uma rebelião que deixou 40.000 mortos desde 1984.

Três pessoas morreram e 45 ficaram feridas na terça-feira na explosão de um carro-bomba em Diyarbakir, a principal cidade do sudeste de maioria curda da Turquia.

As operações do exército para neutralizar os militantes do PKK, que ergueram barricadas em várias cidades do sudeste e proclamaram uma “revolta urbana”, mataram dezenas de civis e provocaram a fuga em massa de dezenas de milhares de moradores.

Centenas de rebeldes morreram nos confrontos com as forças de segurança, que também sofreram muitas baixas.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *