Últimas

ONG denuncia detenção de dissidentes no Vietnã durante visita de Obama

Hanói, 24 mai (EFE).- A organização de defesa dos direitos humanos Anistia Internacional (AI) denunciou nesta terça-feira a prisão de seis dissidentes do governo do Vietnã enquanto o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se encontra de visita oficial no país.

Além disso, as autoridades vietnamitas vêm realizando uma campanha de intimidação contra dezenas de ativistas, restringindo a liberdade de expressão e o direito à reunião, segundo a AI.

Obama chegou ao Vietnã na noite do domingo e ontem se reuniu com o presidente do país, Tran Dai Quang; além do primeiro-ministro Nguyen Xuan Phuc e do secretário-geral do Partido Comunista, Nguyen Phu Trong, o homem que mais acumula poder no país.

“Apesar de o (Vietnã) ser o foco da atenção mundial com a visita do presidente dos Estados Unidos, as autoridades locais, vergonhosamente, continuam com a repressão como de costume”, relatou Rafendi Djamin, diretor da Anistia Internacional para o Sudeste Asiático e o Pacífico, em comunicado.

O presidente americano anunciou na segunda-feira o fim do embargo militar ao Vietnã, uma decisão que representa a “completa normalização” das relações entre dois antigos países inimigos.

Nos últimos dias, seis opositores foram detidos e dezenas de ativistas protestaram nas redes sociais sobre a presença de policiais descaracterizados em frente a suas casas, que os confinaram em seus domicílios.

“Os direitos humanos não podem ser sacrificados por acordos de segurança e comerciais”, opinou T. Kumar, diretor de legislação internacional da Anistia Internacional.

A AI pede que Obama pressione Hanói para conseguir a libertação de todos os prisioneiros políticos no país e para que aconteçam avanços no reconhecimento dos direitos humanos.

Obama se reunirá hoje com representantes da sociedade civil antes de pronunciar um discurso dirigido à população vietnamita e de voar para Ho Chi Minh, onde manterá encontros com empresários e terminará sua visita na quarta-feira, com a inauguração de uma universidade americana.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *