Últimas

Ora Bolas: Contratação de treinador cria racha e reforça influência de famoso agente no Porto

Chegada de Nuno Espírito Santo não foi encaminhada pela diretoria, que sonhava com Marco Silva, do Olympiakos



GOAL Por Bruno Andrade


O encaminhado acordo com o treinador Nuno Espírito Santo, que deverá assinar nas próximas horas um contrato válido por duas temporadas (com opção de renovação por mais uma), já está causando polêmica nos bastidores do Porto. Isso porque a negociação foi feita sem alarde pelo famoso empresário português Jorge Mendes (com ajuda e aval de Alexandre Pinto da Costa, filho do presidente Pinto da Costa) e ofuscou o planejamento da diretoria, que sonhava com a chegada de Marco Silva, atual campeão grego com o Olympiakos.

Incomodado por ter sido “ignorado” e perdido a queda de braço para o agente de Cristiano Ronaldo e José Mourinho, o vice-presidente e também diretor-geral Antero Henrique cogita se afastar das funções no Dragão. Ele era um dos principais dirigentes que brigavam pela contratação de Marco Silva para substituir José Peseiro, que, conforme o Blog Ora Bolas antecipou no início do mês passado, foi demitido oficialmente nesta segunda-feira – Paulo Sousa (Fiorentina) e Leonardo Jardim (Monaco) eram tratados como “Plano B”.

Aos 42 anos, Nuno Espírito Santo tem pouca experiência como treinador. Ex-goleiro de times da Espanha (Deportivo La Coruña, Osasuna, entre outros) e do próprio Porto, o português comandou apenas dois clubes: Rio Ave (2012/13 e 2013/14) e Valencia (2014/15 e 2015/16). Ele deixou o clube espanhol em novembro de 2015 e, desde então, estava desempregado.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *