Últimas

Organização apresenta uniformes de colaboradores dos Jogos do Rio

Rio de Janeiro, 12 mai (EFE).- Aproximadamente 200 quilômetros de tecido foram utilizados para produzir os 2 milhões de itens necessários para uniformizar os 87 mil trabalhadores e voluntários presentes nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio, que acontecem em agosto e setembro.

Os organizadores explicaram nesta quinta-feira, em um evento para a imprensa na Cidade do Samba, no centro do Rio de Janeiro, que a cor azul será atribuída aos árbitros, o vermelho às equipes médicas, o amarelo aos trabalhadores das áreas operacionais e o verde aos integrantes do serviço de atendimento ao espectador.

Essas cores estarão presentes nas camisas, jaquetas, mochilas, sapatos e bonés que serão utilizados pelos funcionários e voluntários nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Já a cor das calças, que poderão ser longas ou bermudas, será o marrom claro e servirá para todas as diferentes classificações operativas.

A produção dessas peças ficou a cargo da marca chinesa 361º, uma empresa especializada na fabricação de roupas e equipamentos esportivos e que vem trabalhando no design dos uniformes desde 2014.

Por se tratar de um patrocinador, o diretor de serviços durante os Jogos do Comitê Organizador Rio 2016, Todd Severson, disse à Agência Efe que a fabricação dos uniformes não teve qualquer custo para a organização do evento.

De acordo a Severson, o design “versátil e flexível” dos uniformes “funcionará em todos os ambientes” e as peças poderão ser adaptadas às necessidades de cada colaborador, dependendo de seu tamanho, sensação de frio ou calor, e, inclusive, se a pessoa tem alguma incapacidade física.

Os bolsos, por exemplo, se encontram nas laterais das calças e não na parte traseira para que seja de fácil acesso para os que utilizam cadeira de rodas.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *