Últimas

Panamá 0 x 2 Brasil: No útimo teste antes da Copa América, Seleção vence o Panamá

Jonas Philippe Coutinho Panama Brazil Friendly 29052016

Lucas Figueiredo/MoWA Press


O último amistoso da Seleção Brasileira antes da estreia na Copa América Centenário foi em ritmo light. Sem se esforçar muito e com muitos testes da parte do técnico, o time de Dunga venceu o Panamá por 2 a 0, um gol marcado em cada tempo. Jonas e Gabigol, mostrando estrela na sua estreia com a camisa amarelinha, foram os autores dos tentos.

O próximo compromisso já é a estreia na Copa América, dia 4 de junho, contra o Equador, no Rose Bowl Stadium, em Pasadena. O Panamá, que também está na competição mas em outro grupo, começa sua caminhada no mesmo dia, contra o Paraguai.

O Jogo

Os dois minutos que a Seleção Brasileira precisou para abrir o placar no primeiro tempo deram a impressão de que veríamos uma goleada ser construída logo de cara. De certa forma, o 1 a 0 singelo pode ser considerado positivo para o Panamá, tamanho foi o domínio. Com Coutinho brilhando, o Brasil nem precisou de esforço, segurando o ritmo depois do gol, talvez em uma estratégia para poupar os jogadores que vieram de temporadas desgastantes na Europa.

Com menos de 120 segundos completos, Douglas Santos evitou a saída da bola pela linha de fundo e cruzou para o meio da área, onde Jonas emendou de canhota: 1 a 0. Aos 9 e aos 20, Jaime Penedo fez duas defesaças para evitar o segundo; primeiro numa belíssima jogada individual de Coutinho, depois numa cobrança de falta venenosa de Dani Alves. Aos 26 foi a vez do zagueiro Baloy se colocar no caminho brasileiro, bloqueando um chute de Willian. Renato Augusto colocou na rede pelo lado de fora seis minutos depois. Aos 40, Coutinho apareceu muito bem de novo com uma das suas clássicas batidas de fora da área, que já renderam muitos gols ao Liverpool. Desta vez, passou tirando tinta da trave de Penedo.


Philippe Coutinho foi um dos destaques da vitória do Brasil em Denver (Foto: Lucas Figueiredo/MoWa Press)


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
As estatísticas do duelo | Repercussão: Jonas, Gabriel e R. Augusto | Mais SELEÇÃO BRASILEIRA


Até os 28 minutos, o segundo tempo foi morno. Mesmo pouco criativo, o Panamá se dedicou mais a atrapalhar as jogadas da Seleção, que, por sua vez, voltou ainda menos incisiva do que na etapa inicial. Foi então que uma falha grotesca de Baloy, colocando a bola nos pés de Gabigol ao tentar afastar, acabou por ampliar o marcador. O santista estreante teve frieza para finalizar rasteirinho, no canto de Penedo: 2 a 0.

O gol animou a Seleção, que foi para cima em busca do terceiro gol. Kaká chegou muito perto de aumentar, recebendo na pequena área e girando para bater no cantinho, mas Penedo novamente fez ótima defesa. O ímpeto, entretanto, não durou muito; com cinco minutos para o fim, o time tirou o pé e gastou o tempo. Sem forças, o Panamá apenas acompanhou os passes burocráticos entre os brasileiros até o apito final.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *