Últimas

Para pocket show, Magic! volta ao Brasil pela 3ª vez em menos de um ano

Os canadenses do Magic! se apresentarão nesta terça-feira (3) pela terceira vez no Brasil em menos de dois anos. Desta vez, o show será restrito para participantes de uma promoção da Coca-Cola. O local é mantido em sigilo, porém os fãs poderão assistir ao vivo pelo canal Vevo, no YouTube.

O vocalista Nasri conversou por telefone com o UOL e disse que já se sente quase um brasileiro. “Toronto é uma cidade com muitos imigrantes, inclusive brasileiros. Tenho muitos amigos músicos do Brasil aqui no Canadá. Quando fomos aí pela primeira vez, percebemos que o país é a versão expandida dos nossos amigos”, disse. As outras vezes que eles se apresentaram no país foram em 2015 no Rock in Rio e neste ano no festival Planeta Atlântida.

Donos do hit “Rude”, que ficou em primeiro lugar nas rádios brasileiras por seis meses, os canadenses também vão lançar no país o single,  “Lay You Down Easy“, do novo álbum “Primary Colors”, que será lançado em 1º de julho. “Este single, definitivamente, é um reggae. ‘Rude’ também é. Então, acho comum as pessoas nos confundirem com banda de reggae”, disse Nasri. “Mas o novo álbum tem rock, soul, pop. Nós estamos bem com isso. Queremos que nossos fãs fiquem com a cabeça aberta”.

O Canadá também é dono de inverno rigoroso, mas Nasri disse que sua música combina com o Brasil. “Por aí é muito ensolarado. A nossa música caminha do jeito que o Brasil caminha. Estamos conectados. Fazer show no Brasil é muito mais fácil e divertido do que em qualquer outro lugar do mundo”.

Nasri diz que o Canadá tem excelentes artistas e elogiou a voz de Celine Dion. “A maior cantora do país”. O músico também já compôs diversos hits para Justin Bieber, Shakira e New Kids on The Block e revela o segredo da música pop. “Acho que de alguma forma devemos misturar as coisas para deixar mais digerível. A música tem que ter personalidade, mas as pessoas precisam se ver representadas”.

Recentemente, o Canadá elegeu Justin Trudeau como novo Primeiro Ministro. O político é dono de opiniões liberais como casamento gay e legalização da maconha. Posição compartilhada por Nasri. “Vamos em frente para legalizar, porque não”, disse. “É melhor ter uma estrutura organizada com identificação das pessoas, do que ficar comprando na esquina com traficantes”, defendeu.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *