"Perder duas finais é um fracasso. Tenho que pensar", lamenta Simeone

Treinador do Atlético de Madrid não conteve a emoção após perder a final da Uefa Champions League

O Atlético de Madrid lutou, mas não conseguiu o sonhado e inédito título da Uefa Champions League. A vingança não veio, e dois anos depois, o Atleti voltou a ser derrotado pelo Real Madrid na decisão do principal torneio de clubes da Europa.


GOALLEIA MAIS: GOAL
Todos os campeões da Champions | Confira a festa do Real | Real conquista a Europa pela 11ª vez


Após sair atrás no marcador, os Colchoneros correram atrás do empate, que veio no segundo tempo, com gol de Carrasco, mas não conseguiram impedir a derrota nos pênaltis.

Sem conter a emoção com a nova derrota, o técnico Diego Simeone comentou a partida. “Primeiro, gostaria de dar os parabéns ao Real Madrid, que mais uma vez foi superior. Começamos mal a partida, melhoramos a partir dos 20, 25 minutos. No segundo tempo tivemos a oportunidade de empatar e depois, com os dois times muito cansados, mas se esforçando, não conseguimos vencer”.

(Foto: Getty Images)

“Perder duas finais é um fracasso. O melhor sempre ganha, e o Real foi melhor porque ganhou. Nós não conseguimos vencer nos pênaltis para sermos campeões. É um momento para pensar. Preciso pensar”, lamentou o treinador.

O revés da tarde deste sábado impõe ao Atlético de Madrid sua terceira derrota na final da Uefa Champions League, e a terceira muito sofrida. Em 1974, os Colchoneros foram derrotados pelo Bayern de Munique. O Atleti era campeão até o último minuto da prorrogação, quando os Bávaros empataram. Depois, no jogo extra para definir o campeão, os alemães atropelaram. Já em 2014, 40 anos depois, foi a vez do Real Madrid empatar no último lance do tempo normal e golear na prorrogação. Agora, os Rojiblancos caíram nos pênaltis.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *