PM veta presença de torcedores em anel inferior do Morumbi

A Polícia Militar vetou a presença de torcida no anel inferior do Morumbi para o duelo do São Paulo contra o Internacional, domingo, pelo Campeonato Brasileiro. A decisão foi comunicada ao clube tricolor, que terá de apresentar novos laudos que atestem a segurança na área.

Na semana passada, 16 torcedores se feriram após queda da proteção de metal em um trecho do setor.

O setor não estará totalmente interditado; serão liberados os camarotes que ficam na área interditada. Pelo fato de os camarotes serem fechados, a PM entendeu que não haveria risco de eventuais quedas de torcedores para o campo.

A corporação, porém, informou ao São Paulo que não pode haver ligação do camarote para o setor vetado.

“O setor inferior do estádio estará vetado até que o São Paulo providencie um novo laudo mostrando que houve os ajustes necessários. Enquanto isso não ocorre, não será permitida a presença de torcedor”, declarou ao UOL Esporte o coronel Luiz Gonzaga.

Classificado para as semifinais da Libertadores, o São Paulo voltará a jogar no Morumbi pelo torneio continental somente em julho. A diretoria promete sanar os problemas estruturais a tempo do próximo jogo em casa pela Libertadores.

Resolução da FPF determina veto da área do anel inferior

Proibição da presença de espectadores no setor de cadeiras em todo o pavimento inferior, exceto nos camarotes, devendo as pessoas permanecer obrigatoriamente, no seu interior, sem qualquer tipo de circulação nas áreas de risco.

Liberação da presença de espectadores no setor de deficientes, devendo ser providenciada estrutura de pessoal para orientação e limitação da acomodação para que não haja contato com as estruturas de guarda-corpo; 

Os demais setores do estádio estão liberados conforme disposto no Laudo de Segurança expedido em 29/10/15.

Esta Resolução entra em vigor na presente data, revogadas as disposições em contrário.

Cel. Isidro Suita Martinez

Vice-Presidente do Deptº de Competições

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *