Últimas

Policiais gregos ocupam sede do Syriza em ato contra reforma da previdência

Atenas, 7 mai (EFE).- Um grupo de sindicalistas da Polícia, da Guarda Costeira e do Corpo de Bombeiros da Grécia ocupou neste sábado a sede do partido governante Syriza, em protesto contra a reforma previdenciária e fiscal que será votada amanhã.

Depois de duas horas, os manifestantes deixaram a sede da legenda, mas continuaram o protesto em frente ao edifício.

“A reforma que se debate no parlamento elimina as pensões para as viúvas de policiais que morreram em serviço”, disse um sindicalista.

Os representantes dos sindicatos entraram em contato com os ministros do Trabalho, Yorgos Katrugalos, e da Proteção Cidadã, Nikos Toskas, que teriam oferecido garantias sobre a manutenção das pensões das viúvas dos agentes das forças de ordem.

“Os sindicalistas ocuparam a sede do partido e ficaram lá por duas horas. Se trata de um ato inadmissível. A presença de forças policiais na sede de um partido de esquerda lembra períodos que nossa democracia deixou para trás”, disse à Agência Efe a porta-voz do Syriza, Rania Svigu.

A legislação que o governo pretende aprovar contempla uma reforma da previdência, dos impostos diretos e indiretos, que permitirão uma economia de 5,4 bilhões de euros por ano. Com o ajuste, a Grécia pretende conseguir um superávit primário de 3,5% do PIB em 2018, como prevê o terceiro programa de resgate ao país firmado em 2015 com os credores internacionais.

Entre as mudanças previstas está a restrição drástica das pensões para as viúvas.

Os policiais, os agentes da Guarda Costeira e os bombeiros têm direito a se filiar a sindicatos na Grécia, realizar manifestações, mas não podem fazer greve.

Os principais sindicatos das categorias no país convocaram na última quinta-feira uma greve geral de 48 horas, que se encerra hoje, contra as reformas do governo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *