Últimas

Prefeito e vereadores de Penedo se reúnem com o secretário de Segurança Pública

O prefeito, o vice, o deputado estadual Alcides Andrade, os vereadores Lúcia Barbosa, Manoel Messias Lima e Antônio Figueiredo Barbosa, estiveram em audiência com o secretário de Segurança Pública, o coronel Lima Júnior, para pedir apoio do Estado para conter a onda de violência crescente no município. 

Na oportunidade, Marcius Beltrão citou a aprovação e sanção da Lei que prevê o videomonitoramento de pontos estratégicos e de maior movimento na cidade. 

Os representantes do Poder Legislativo denunciaram diversos casos de assaltos e assassinatos, que passaram a acontecer a qualquer hora do dia e, propuseram que a Delegacia Regional seja transformada em casa de custódia. 

O secretário afirmou que um contingente de 780 policiais militares está sendo formado e, destes, 600 deverão ser distribuídos para os municípios. Segundo o coronel, o novo comandante, o tenente-coronel Jota Júnior, assim como o delegado Regional serão convocados para discutir com mais detalhes a situação do município, com objetivo de pontuar os locais de vulnerabilidade e as melhores estratégias para o enfrentamento da situação para inibir os crimes. 

O prefeito lembrou ao coronel que solicitou que veículos da Defesa Social, que estão abandonados na entrada da cidade, possam ser doados à Prefeitura, para que sejam reformados e usados pela SMTT de Penedo. 

Lima Júnior afirmou que a proposta de criar uma casa de custódia existe, mas a burocracia tem impedido de acelerar o processo. "O governador Renan Filho já anunciou que vai convocar a reserva técnica da Polícia Civil, que vai dar um reforço na segurança dos municípios", disse. 

O secretário pediu apoio do Executivo e Legislativo no sentido de divulgar o Disque-Denúncia 181 da Segurança Pública, que tem ajudado a prender acusados de crimes e outros delitos. 

"Foi um encontro produtivo, o secretário ficou sensibilizado com a situação e prometeu melhorar a segurança do município. Estou confiante que em breve, teremos uma redução nos casos de violência e assaltos", avaliou.

 

Texto e fotos: 

Patrícia Machado 

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *