Últimas

Processo de Romero Britto contra a Apple é descartado em tribunal de Miami

Pouco mais de um ano depois de Romero Britto mover um processo contra a Apple, o caso foi descartado. O artista plástico brasileiro, que mora em Miami há quase 30 anos, acusava a gigante da tecnologia de usar ilegalmente imagens muito semelhantes às suas em campanhas publicitárias. 

Segundo a agência de notícias Associated Press, o processo foi retirado do tribunal de Miami há cerca de uma semana e cada parte envolvida teria arcado com seus custos.

Na época do processo, o artista acusava a empresa de violação de direitos autorais e “competição desleal” no processo, que atingia também os designers Craig Redman e Karl Maier, sócios da empresa Craig & Karl, que presta serviços para a Apple.

O motivo para o descarte não foi revelado. A Apple, no entanto, não tem usado mais as imagens em suas campanhas. Ironicamente, o estúdio do artista natural de Pernambuco fica a um quarteirão de uma loja da Apple, em Miami. 

Conhecido por licenciar trabalhos para grandes empresas e instituições, como a Coca-Coca, a Mattel e a Fifa, o brasileiro chegou a ser erroneamente parabenizado por ter fechado parceria com a Apple antes de mover o processo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *