Últimas

Questão física e baixo rendimento resultou em desligamentos, afirma dirigente do CRB

Enquanto o elenco do CRB se prepara para enfrentar o Vasco pela Copa do Brasil, a direção alvirrubra trabalha nos bastidores na recomposição do elenco. De acordo com o vice-presidente do clube, Ednilton Lins, o desligamento de cinco atletas aconteceu por questões físicas e baixo rendimento e que contratações serão feitas, mas sem pressa.

A primeira saída aconteceu no sábado, quando o experiente meia Marcos Aurélio pediu desligamento do clube, surpreendendo parte da torcida, uma vez que o jogador chegou ao clube como um dos principais nomes para a disputa da Série B.

“Infelizmente o jogador não correspondeu. Sabemos que tem uma qualidade técnica muito grande, mas teve tempo de trabalho e não conseguiu render, principalmente na questão física”, afirmou.

No início desta semana, deixaram o clube o zagueiro André Vinicius, o lateral-direito Marcelo Santos, o meia Luiz Fernando e o atacante Érico Junior. Sobre os quatro atletas o dirigente apontou para o rendimento como forma de avaliação.

“A Série B é longa e exige um elenco grande e forte. A direção sentou com a comissão técnica e avaliou quem teve rendimento abaixo do esperado, tanto no Alagoano, quanto na Copa do Nordeste e chegamos a esses nomes”, disse.

Questionado se novas saídas devem acontecer, o dirigente acha pouco provável e pretende repor as peças no momento certo. “Acredito que não deve sair ninguém por enquanto. Vamos trazer jogadores, mas sem pressa. Temos um elenco bom, mas que pode e vai ser reforçado no momento oportuno”, concluiu.

Ednilton Lins acompanha o elenco alvirrubro que enfrenta o Vasco da Gama nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. O time comandado por Mazola Junior treinou na manhã desta terça e no início da tarde segueviagem para a capital carioca.

 

Escrito por: Paulo Chancey Junior

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *