Últimas

Real Madrid prova ao rival que vencer Liga dos Campeões é para poucos

Ninguém discute que a Liga dos Campeões consolidou-se como o principal torneio de futebol do mundo. Tem como rival apenas a Copa do Mundo. Mas é possível dizer antes do início da competição qual será o campeão, com 90% de chance de acerto: Real Madrid, Barcelona, Bayern ou um clube inglês.

Parece a F-1 dos anos 90, quando ganhava Senna ou Prost, McLaren ou Ferrari.

O Atlético de Madri esteve a um pênalti de mudar esta história, neste sábado (28). Mas após o 1 a 1 em 120 minutos de bola rolando no San Siro, em Milão, Cristiano Ronaldo marcou nas cobranças de pênalti o gol que deu o 11º título ao Real.

O português disputou sua terceira decisão de Liga dos Campeões e pela terceira vez jogou mal. Fez gols nas três.

Os destaques em campo do campeão foram Sergio Ramos, Casemiro e Modric.

O time de Zidane começou a vencer em lance de bola parada, arma letal do Atlético nos últimos três anos, mas em que o Real foi melhor na temporada que terminou ontem. Foram 25 gols assim no Campeonato Espanhol da equipe de Zidane, contra 12 do Atlético de Diego Simeone.

O primeiro gol do jogo, marcado em impedimento por Sergio Ramos, aconteceu numa jogada deste tipo.

O Atlético até teve capacidade de reação. Grande atuação do volante Gabi. A vitória no tempo normal só não chegou porque o atacante Griezmann perdeu o pênalti cometido por Pepe sobre Fernando Torres no primeiro minuto da segunda etapa.

Justamente um dos destaques do time de Simeone foi responsável pelo lance final.

O lateral direito Juanfran marcou Cristiano Ronaldo durante toda a decisão. Anulou a arma principal do rival. Também deu o passe para o gol de Ferreira Carrasco, que levou à prorrogação. Mas faltou-lhe a cabeça fria para converter o pênalti em seu último lance no jogo.

A vitória do Real Madrid dá a seus torcedores outro argumento nas conversas com os barcelonistas, que diziam até dois anos atrás que o Real só vencia a Liga dos Campões no tempo das fotos em branco e preto. Nesta década, já levou o troféu duas vezes, número idêntico do clube catalão.

Se você não sabe como se fala 11ª vez em espanhol, aprenda agora: “undécima”.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *