Real Madrid x Atlético: lenda e revanche se encontram em Milão

Merengues e colchoneros chegam novamente juntos na final da Liga dos Campeões, com possibilidade de 11º título ou conquista inédita

Real Madrid e Atlético de Madrid têm um novo compromisso com a história, neste sábado, em Milão. Vizinhos e rivais, eles sonham com a glória continental apenas dois anos depois de terem feito a mesma final, em Lisboa. Naquela ocasião, uma cabeçada de Sergio Ramos nos acréscimos forçou uma prorrogação que acabaria com o sonho colchonero de conquistar o título, contra todos prognósticos.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Como jogará o Atlético | Como jogará o Real | Felipão exalta C. Ronaldo


Mas isso já é patrimônio do passado. Agora é preciso escrever uma nova história em que os dois lados colocam todas suas esperanças. Trata-se, como diria Beethoven, de se apoderar do destino o agarrando pelo pescoço, sem deixar que ele te domine.

No Santiago Bernabéu todos estão conscientes de que conquistar o 11º título da Liga dos Campeões significaria apagar todos fantasmas da atual temporada e consolidar o técnico Zinedine Zidane como o grande líder de um novo projeto esportivo do clube.

Do outro lado, no Vicente Calderón, a mesma frase tem sido repetida: “é o jogo das nossas vidas”. Uma oportunidade de revanche que antes parecia um sonho distante, mas apenas 734 dias depois se tornou realidade. Simeone tem a possibilidade de deixar como legado o maior êxito esportivo da história do Atlético de Madrid.

A batalha de San Siro não será uma luta de David contra Golias, apesar da diferença evidente de títulos. O Real Madrid parece ter favoritismo, mas o espírito competitivo do Atlético, recuperado nos últimos anos, permite que o resultado da final seja uma verdadeira incógnita.

Números do Real Madrid na Champions:

Tanto Real quanto Atlético se conhecem profundamente e sabem quais são suas principais armas, sendo também conscientes de suas próprias virtudes. Os merengues dispõem do temido trio BBC, com Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo, que estão com 98 gols e 32 assistências somadas.

Números do Atlético na Champions:

No Atlético a principal qualidade não é apenas a zaga, mas sim sua mentalidade defensiva. O time de Simeone só concedeu 30 gols nos 56 jogos que disputou. Seus goleiros só fizeram 2,2 defesas por jogo.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *