Últimas

Ricardo Gomes minimiza tática do Botafogo: 'O que vale é a inspiração'

Poucos esperavam sucesso do Botafogo neste Campeonato Carioca. Para muitos, a organização tática apresentada até aqui já pode ser considerada um feito e tanto para Ricardo Gomes. Mas o treinador não se apega a isso antes do segundo jogo da final do Estadual.

– Isso é obrigação (a aplicação tática). O Vasco tem isso também. Tática não ganha nada. O que vale é a inspiração dos jogadores. Espero que valha domingo para a gente. Ribamar, Salgueiro, Gegê, Leandro… isso que faz diferença na final. Temos padrão, mas o Vasco também tem – analisa.

O time do Botafogo mudou bastante no decorrer do campeonato. Começou no 4-2-3-1, disputou a maior parte da competição no 4-3-2-1, mas, nos últimos jogos, retornou para o 4-2-3-1.

Em termos de jogadores, muito também mudou. Luis Ricardo já foi meia, Nuñez já foi titular, Emerson Silva nem no banco ficava… neste domingo, o time deve ter Jefferson, Luis Ricardo, Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Bruno Silva e Rodrigo Lindoso; Leandro, Salgueiro e Gegê; Ribamar.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *