Últimas

Rui Costa lamenta falta de títulos no Grêmio e revela ter sofrido ameaças

O ex-diretor executivo do Grêmio, Rui Costa, falou pela primeira vez após sair do cargo na sexta-feira. Em entrevista a “Rádio Gaúcha”, o ex-dirigente tricolor falou que a decisão foi tomada em conjunto com o presidente Romildo Bolzan após a eliminação na Libertadores.

– Foi uma decisão consensual com o Romildo, comigo. Eu acredito que a partir daí, a equipe de trabalho terá um pouco mais de tranquilidade para prosseguir essa caminhada com essas reformulações, mas me mantendo íntegro esse grupo de trabalho, que certamente vai dar alegrias ao torcedor. É momento duro, difícil, no qual a minha frustração é a do torcedor – disse.

Rui Costa fez um balanço de sua passagem no cargo importante da diretoria gremista. Ele lamentou a falta de títulos e revelou que recebeu ameaças de torcedores devido aos objetivos não alcançados.

– Eu vivi momentos em que meu trabalho foi endeusado por contratações que fiz. Mas tenho que admitir que esse ônus tem que ser proporcional. A partir do momento que os fracassos se somam, mesmo que tenham sido institucionais. É natural que o protagonista do bônus seja o protagonista do ônus. Tudo há exagero. Recebi ameaças, mensagens dolorosas, passa a partir da figura que deixa de existir – declarou.

Rui Costa assumiu como diretor de futebol em 2012. Ele contratou 48 jogadores e cinco técnicos durante os últimos quatro anos.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *