Últimas

Rússia anuncia extensão da trégua em Aleppo

O ministério russo da Defesa anunciou nesta sexta-feira que a trégua de dois dias na cidade síria de Aleppo, dividida entre o regime sírio e os rebeldes, foi prorrogada por mais 72 horas.

“Para evitar que a situação piore e por iniciativa da parte russa, o regime do silêncio (das armas) na província de Latakia e na cidade de Aleppo foi prorrogado durante 72 horas, a partir de 7 de maio à 0h01 local”, diz o comunicado.

Washington e Moscou haviam pressionado as forças do governo e os grupos rebeldes para que aceitassem um cessar-fogo em Aleppo inicialmente durante quinta e sexta-feira. A trégua inicial deveria terminar na primeira hora deste sábado, após dar um fôlego aos habitantes de Aleppo, submetidos a duas semanas de combates que mataram mais de 280 civis.

“Celebramos essa recente prolongação, mas nosso objetivo é chegar a um momento no qual já não tenhamos de contar as horas e no qual o cessar das hostilidades seja totalmente respeitado em toda a Síria”, acrescentou.
Os Estados Unidos se pronunciaram pouco depois do anúncio russo. “O cessar das hostilidades reduziu a violência em Aleppo, e os Estados Unidos se comprometeram a manter essa trégua todo o tempo possível”, declarou o porta-voz do Departamento de Estado americano, John Kirby.

O cessar-fogo em Aleppo faz parte dos esforços internacionais para reativar a trégua de 27 de fevereiro – vigente em toda a Síria, exceto nos setores controlados pelos jihadistas do grupo Estado Islâmico e da Frente Al-Nosra – e para promover as negociações de paz.

A guerra, que já deixou mais de 270 mil mortos em cinco anos, também provocou o exílio de mais da metade da população e uma grave crise humanitária.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *