Últimas

Sambista Naninha sobre CD: ‘Realizei um sonho’

Quando você ouve falar de Milton Bezerra Vanderlei é muito difícil reconhecer quem seria essa pessoa, mas, para quem gosta de samba, quando o chamam pelo apelido carinhoso de Naninha, é muito difícil não saber de quem se está falando.

O cantor, que há 14 anos comanda o som na feijoada no Bar Brahma, em São Paulo, conversou com OFuxico e explicou de onde saiu o apelido de Naninha.

“Isso é uma coisa que vem desde criança. Na minha infância, eu era viciado em banana. No início me chamavam Bala, Balinha, mas aí passou a ser Bananinha, até que encurtaram a coisa e ficou Naninha, que foi o que mais pegou entre a galera”, revelou.

Conhecido por seu samba cheio de carisma e que conquista a quem ouve, Naninha contou como que o estilo musical entrou em sua vida. “Eu acho que isso foi dom de família. Meu avô foi grande sanfoneiro no nordeste e sempre gostou de música. Então, eu sempre vivi em roda de samba na minha infância e adolescência. Ainda acredito que foi esse coisa de dom, porque ninguém na família seguiu essa caminho da música, então acho que era pra ser mesmo”.

Apesar de não aparecer tanto na televisão, Naninha explicou o motivo de fazer tanto sucesso. “Eu acho o sucesso não está tão ligado à televisão. Primeiro, você tem que ser conhecido, tem que estar junto do povo. Vamos fazer um cálculo: Não adianta eu aparecer no Faustão e ter só duas pessoas que me conhecem. O legal é você ir lá, porque bastante gente te conhece, então eu gosto da coisa gradual. Claro que é ótimo ir para a televisão, mas é bom o povo me conhecer também. Quero que o rico, o classe média e o pobre me conheçam”.

Com lançamento independente, Naninha lançou o álbum De Todas as Vilas, que é composto por 20 músicas e traz toda a desenvoltura do cantor e seu bom relacionamento com todos os públicos.

O CD é repleto de participações especiais de nomes consagrados no samba, a exemplo de Jair Rodrigues, Jorge Aragão, Almir Guineto, Belo, Benito Di Paula, Mauro Diniz e Netinho de Paula. E Naninha contou como foi ter tanta gente boa participando de seu disco.

“Isso foi um sonho. Eu elaborei o projeto todo durante uns dois anos. Eu sonhava em cantar com Jair, com Benito de Paula, que participou dos meus dois CD’s, do Jorge Aragão, que foi meu primeiro padrinho, o Belo eu tenho uma amizade de muitos anos”, disse.

Naninha ainda contou uma situação curiosa envolvendo Jair Rodrigues e Cauby Peixoto em seu disco. “A música Sampa, do Caetano (Veloso), que eu gravo com o Jair Rodrigues, foi o último trabalho dele, que veio a falecer logo depois. Foi muito especial. Mas outra coisa curiosa, e não vou falar isso só porque ele acabou de falecer, mas a parte que o Jair canta em Sampa foi gravada inicialmente pelo Cauby Peixoto. O ruim é que tivemos um probleminha no áudio e, quando fomos regravar, ele foi internado. Aí a gravadora disse que precisava de alguém no nível do Cauby e convidamos o Jair”, revelou.

Apesar de já ter conhecido muita gente no mundo da música e até já ter contado com muitos deles em seus trabalhos, Naninha revelou com quem tem o desejo de fazer uma parceira musical. “Meu sonho já era conhecer ele, e consegui realizar. Acho que é a preferência da maioria dos artistas querer cantar com Roberto Carlos. Estive no cruzeiro dele para me apresentar e, quando o conheci, ele me abraçou. É um cara com carisma muito grande. Então, é com ele que gostaria de cantar”.

Diretor e responsável pela área musical da escola de samba Unidos de Vila Maria, Naninha contou como faz para organizar sua vida em época de Carnaval e já adiantou o que a Vila Maria está preparando para tentar o título no ano de 2017.

“No carnaval, eu tenho que saber dividir, porque eu sou um dos diretores da escola. A minha sorte é que sempre casam os horários dos ensaios com os shows no Bar Brahma, então não fico devendo em nenhum lugar. Nesse próximo ano, a Vila Maria já está se preparando para colocar na avenida o Jubileu de 200 anos do aparecimento de Nossa Senhora Aparecida e pode ter certeza que a escola vai estar linda mais uma vez”, finalizou.

 Sambista Naninha sobre CD: ‘Realizei um sonho’

 Sambista Naninha sobre CD: ‘Realizei um sonho’

 Sambista Naninha sobre CD: ‘Realizei um sonho’

 Sambista Naninha sobre CD: ‘Realizei um sonho’

Tudo sobre o mundo dos famosos, novelas, festas e TV, você encontra em O Fuxico!

Fonte: OFuxico.com.br
Matéria Originalmente postada pelo site O Fuxico

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *