Secretário-geral da ONU apoia mediação para diálogo na Venezuela

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, manifestou hoje (21) apoio às iniciativas para o estabelecimento de um diálogo nacional na Venezuela entre o governo e a oposição, que permita superar a crise no país.

Em comunicado divulgado pelo gabinete de imprensa da ONU, Ban Ki-moon diz estar “animado com as iniciativas em curso por parte de ex-chefes de Estado e de Governo para promover o diálogo entre o governo da Venezuela e a oposição”.

O diálogo é impulsionado pelos ex-presidentes panamenho Martin Torrijos e dominicano Leonel Fernández e pelo ex-primeiro-ministro espanhol José Luis Rodríguez Zapatero, com o apoio da União das Nações Sul-Americanas (Unasul).

“O secretário-geral da ONU reitera a firme convicção de que o governo e a oposição devem enfrentar os atuais desafios por meio de um diálogo significativo, no cumprimento do Estado de Direito e da Constituição e para benefício do povo venezuelano”, diz o comunicado.

A oposição venezuelana lançou um processo para a realização de referendo sobre a revogação do mandato do presidente, Nicolás Maduro, que só termina em 2019.

Maduro rejeita a possibilidade e, nessa sexta-feira (20), anunciou a realização de uma série de exercícios militares para preparar o país para a eventualidade de “um golpe de Estado” ou uma intervenção de “exércitos estrangeiros”.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *