Últimas

Segurança: 40% dos Bots existentes são maliciosos, diz pesquisa

A ideia de usar a inteligência artificial para tornar as tarefas do dia a dia mais simples, como comprar uma passagem de avião, reservar um hotel ou mandar flores – é tentadora, mas de acordo com a empresa de segurança Distil Networks, é importante ter cautela com a novidade: 40% de todo o tráfego de bots é malicioso.

“Os bots são a peça central do conjunto de ferramentas de um hacker”, explica Rami Essaid, CEO e co-fundador da Distil Networks. Os criminosos tem utilizado os bots para interceptar o tráfego da web e automatizar os ataques.

Reprodução

Com o aumento no interesse em torno dos bots, o consumidor pode acabar baixando um arquivo malicioso semelhante a um esquema de phishing. “À medida que o apelo de bots para os consumidores cresce, aumentam os riscos. Mais bots significa mais pontos de acesso em potencial para bots maus “, conta Essaid. A empresa tem percebido um aumento no número de ataques do tipo em aplicações web, APIs e apps nativos.

Segundo o executivo, com o tempo, os bots se tornarão mais sofisticados, o que pode ajudar na segurança, mas também dificultar a detecção de apps mal intencionados. De toda a maneira, é bom ficar atento. “Quanto mais facilidade para instalar e fazer download de bots há, mais cauteloso você precisa ser”, aconselha o CEO.

Via VentureBeat

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *