Últimas

‘Tenho orado e abençoado você que me maldiz’, diz Ana Paula Valadão após polêmica

Três dias após ser alvo de um “vomitaço” na sua página no Facebook, a cantora gospel Ana Paula Valadão decidiu gravar um vídeo para rebater os que criticaram seu post de teor homofóbico contra a nova campanha da loja C&A.

“Os últimos dias têm sido muito interessantes, desde que me posicionei a favor da família tradicional e contra a imposição da ideologia de gênero. Quero dizer a você que tem respondido com palavras tão agressivas nas minhas redes sociais que aprendi com o Senhor Jesus a amar os meus inimigos e a orar pelos que me maldizem, que me perseguem”, diz Ana Paula.

“Quero agradecer os cristãos que têm acreditado que a palavra de Deus é imutável. O Senhor Jesus veio ao mundo e o Evangelho de João diz que ele veio com amor e verdade. Vamos continuar falando a verdade em amor”, finaliza a cantora. Confira:

Entenda a polêmica

Em sua página oficial, Ana Paula decidiu se manifestar contra o que chama de “ideologia de gênero”, ao criticar a campanha de uma loja de departamentos que aborda a diversidade sexual em sua mais recente coleção.

“Hoje decidi manifestar minha ‪#‎SantaIndignação‬ porque acredito que estão provocando para ver até onde a sociedade aceita passivamente a imposição da ideologia de gênero. Fiquei chocada com a ousadia da nova propaganda da loja C&A. Chama-se misture, ouse e divirta-se. São casais de namorados saindo e quando eles se beijam a roupa do homem passa pra mulher e a da mulher pro homem. Os homens saem de salto e tudo. E aí fala. Ouse, misture. Em outra propaganda da mesma campanha eles fizeram todos nus como se fossemos criados iguais e temos o poder de escolha. Então chegam em um campo cheio de roupas e as mulheres começam a vestir as roupas dos homens e os homens as das mulheres. Que absurdo! Nós que conhecemos a Verdade imutável da Palavra de Deus não podemos ficar calados. Temos que ‪#‎boicotar‬ essa loja e mostrar nosso repúdio. Nos EUA a loja Target já teve prejuízo porque mais de 1 milhão de pessoas pararam de comprar (inclusive eu) desde que determinou que os banheiros feminino e masculino podem ser usados por quaisquer pessoas que se sintam homem ou mulher naquele dia, aumentando os riscos de abusos (que já aconteceram em outros lugares que apoiam a ideologia de gênero)”, escreveu Ana Paula em sua publicação.

Não demorou muito para que internautas exibissem sua indignação. “Aí esse amor cristão que vive de cuidar da vida dos outros, julgar e segmentar ao invés de unir e amar, né non crentelha? Pregadora de ódio e intolerância ridícula!”, disparou um internauta; “Que história é essa que a palavra de Deus é imutável? Só quando é conveniente, né?”, alfinetou outro.

Após os comentários de Ana Paula, a C&A disparou um comunicado em resposta às críticas da cantora: “A nova campanha da C&A ‘Dia dos Misturados’ tem como tema principal a celebração do amor e dá continuidade à nova visão da C&A sobre a Moda, lançada em março com a campanha ‘Misture, ouse e divirta-se’. Livre de todo e qualquer tipo de preconceito e estereótipo, o novo filme, que celebra o Dia dos Namorados, faz um novo convite à mistura de atitudes, cores e estampas como forma de expressão. A C&A reforça que o respeito à diversidade, inclusive de opiniões, sempre foi um dos princípios da marca”.

Fonte: Jornal Extra (http://extra.globo.com)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *