Últimas

Tragédia da Samarco causou graves problemas emocionais às vítimas, diz especialista

Mariana – Marta Freitas, diretora de Saúde do Trabalhador da Secretaria de Estado de Saúde (SES), disse nesta quinta-feira, em Mariana, que a tragédia de rompimento da Barragem do Fundão, em 5 de novembro, afetou de maneira grave as condições emocionais da população dos distritos atingidos pela lma e também funcionários da mineradora Samarco. Segundo a técnica, o aumento do consumo de remédios contra problemas psicológicos está sendo investigado, bem como suicídios e tentativas de suicídios.

De acordo com Martas Freitas, chegaram às autoridades informações de que três pessoas teriam se matado e oito atentado contra a própria vida. As afirmações foram feitas durante seminário em que represeantes da ONU, da Fundação Oswaldo Cruz e de outros órgãos de pesquisa farão um balanço da situação da região destruída pela tragédia de novembro do ano passado. O rompimento da represa da Samarco, que hoje completa seis meses, é o maior desastre socioambiental do Brasil. A mineradora Samarco informou que se pronunciará sobre o assunto ainda nesta quinta-feira.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *