Últimas

Três shoppings abrigam eventos literários neste fim de semana

Shopping Guararapes vem realizando há alguns anos feiras e eventos dedicados à literatura. Shopping Guararapes/Divulgação
Shopping Guararapes vem realizando há alguns anos feiras e eventos dedicados à literatura. Shopping Guararapes/Divulgação

De tão enraizados no cotidiano contemporâneo, os shopping centers assumem, além da função de local de compras, a de espaço de lazer. Já consagrados como recanto das salas de cinema e teatro e de jogos eletrônicos, os prédios passaram a abrigar eventos dos mais variados, inclusive no campo literário: somente neste fim de semana, três dos maiores shoppings da Região Metropolitana do Recife realizam feiras que têm a literatura como principal atrativo.

Enquanto os centros assumem palestras, debates e lançamentos literários, eventos tradicionais do segmento parecem perder força. A Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto) tem, desde 2014, deixado a programação mais enxuta, por conta de sucessivos cortes no orçamento. Em 2015, a feira passou a ter apenas três dias de atividades, um a menos do que em outras edições. No ano passado, outro festival tradicional, o A Letra e a Voz, também viu os recursos minguarem: enquanto em 2014 o orçamento do evento estava na casa dos R$ 200 mil, em 2015 ele ficou orçado em cerca de R$ 130 mil.

Desde quinta-feira, o Shopping Guararapes sedia a Jaboatão Felit, feira literária que se encerra hoje, centrada nos autores locais e nas obras que evocam a cidade. Já o Plaza Shopping recebe, neste e no próximo fim de semana, o Passeio Literário, organizado em parceria com a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), oferecendo palestras, lançamentos e outras atividades na programação. Mais ampla, a Mostra Cultural do Shopping Recife, iniciada ontem, envolve artes plásticas e música, mas tem a literatura como um dos carros-chefe. E, em março, o RioMar realizou o quarto Festival de Literatura Pernambucana, uma iniciativa que ocorre desde o início das atividades do centro de compras.

Schneider Carpeggiani, um dos curadores e responsável pela programação literária da mostra no Shopping Recife, avalia como positiva a tendência dos centros de compras abarcarem eventos dedicados às letras no seu calendário. Tendo passado também pela curadoria do festival A Letra e a Voz, Carpeggiani acredita que a agenda não compete com a de eventos mais tradicionais. “A gente tem tão pouco evento de literatura que, quanto mais, melhor. Se é um lugar a mais onde se possa discutir literatura, ótimo. Esse movimento mostra a possibilidade de shoppings abrigarem também discussões, de vender não só produtos, mas também ideias”, afirma.

Responsável pela Bienal do Livro de Pernambuco, Rogério Robalinho também considera positiva a adesão dos shoppings: “É uma estratégia legítima para atrair o público e bom para o ecossistema da literatura, é um reforço”. No entanto, o produtor acredita que os centros de compras não são capazes de produzir no público o mesmo “encantamento” que feiras ou festivais tradicionais de literatura proporcionam. “O compromisso com a literatura é diferente. Quando você está dentro de um centro comercial que tem centenas de outras lojas, o sentido das pessoas fica diluído”, diz.

Destaques da programação

Passeio Literário – Shopping Plaza
Sábado (21)
18h – Lançamentos: Poesia completa, de Sebastião Uchoa Leite, e Cronomáticas e outros contos, de José Alfredo Abrão.
Sábado (28)
18h – Conversa com Luzilá Gonçalves e José Luiz Mota Menezes sobre as lendas do Recife.
Domingo (29)
16h – Conversa com Tereza Rozowykwiat e Félix Filho sobre Dom Hélder Câmara.

Escritor Julian Fuks é uma das atrações da Mostra Cultural do Shopping Recife. Fernanda Sucupira/Divulgação
Escritor Julian Fuks é uma das atrações da Mostra Cultural do Shopping Recife. Fernanda Sucupira/Divulgação

Mostra Cultural – Shopping Recife
Sábado (21)
16h – Projeto Leia Mulheres: debate sobre o livro de contos Felicidade Clandestina, de Clarice Lispector.
Domingo (22)
16h – Mesa com Júlian Fuks e Maria Valéria Rezende: autores contemporâneos falam sobre suas recentes obras.
Sábado (28)
16h – Clarice Lispector para crianças, com o grupo Petit Pantim.
Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *