Últimas

Valor de venda do Yahoo deve ser bem abaixo da expectativa

O Yahoo deve receber bem menos do que estava esperando pela venda de seu core business e os interesses pela empresa estão caindo. 

Relatórios de abril indicavam que a companhia poderia ser vendida por um valor entre US$ 4 bilhões e US$ 8 bilhões. No entanto, após os investidores serem liberados a acessar informações privadas, os lances começaram a cair e já se fala em valores por volta de US$ 2 bilhões e US$ 3 bilhões. 

O Yahoo estabeleceu um novo prazo, até a primeira semana de junho, para que interessados em comprar a empresa apresentem suas ofertas. Ainda não está claro se essa será a última rodada de lances ou se terão outras. 

Fontes indicam que a Verizon é, até agora, a maior interessada na compra. Além dela, a Berkshire Hathaway, do investidor Warren Buffett, decidiu apoiar um consórcio de investidores, incluindo o fundador do Quicken Loans, Dan Gilbert, a entrar na briga. 

Outros potenciais compradores incluem as empresas de private equity TPG Capital, KKR e a equipe da Bain Capital com a Vista Equity Partners.

Valor de venda do Yahoo deve ser bem abaixo da expectativa

O Yahoo deve receber bem menos do que estava esperando pela venda de seu core business e os interesses pela empresa estão caindo.

Relatórios de abril indicavam que a companhia poderia ser vendida por um valor entre US$ 4 bilhões e US$ 8 bilhões. No entanto, após os investidores serem liberados a acessar informações privadas, os lances começaram a cair e já se fala em a empresa ser vendida por US$ 2 bilhões ou US$ 3 bilhões.

O Yahoo estabeleceu um novo prazo, até a primeira semana de junho, para que interessados em comprar a empresa apresentem suas ofertas. Ainda não está claro se essa será a última rodada de lances ou se terão outras.

Fontes indicam que a Verizon é, até agora, a maior interessada na compra. Além dela, a Berkshire Hathaway, do investidor Warren Buffett, decidiu apoiar um consórcio de investidores, incluindo o fundador do Quicken Loans, Dan Gilbert, a entrar na briga.

Outros potenciais compradores incluem as empresas de private equity TPG Capital, KKR e a equipe da Bain Capital com a Vista Equity Partners.

Via Fortune

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *