Últimas

Vereadores cobram soluções ao Secretário de Saúde de Penedo

Vereadores penedenses cobraram soluções para a saúde municipal ao novo responsável pelo setor. Empossado em 22 de abril, Pedro Madeiro foi questionado na Câmara Municipal de Penedo (CMP), principalmente sobre SAMU, ambulâncias para zona rural, transporte digno para pacientes levados para procedimentos fora do município, pagamento do piso nacional aos agentes de saúde na forma de salário e a recuperação de postos.

A sabatina ocorreu nesta quarta-feira, 25, durante audiência pública sobre a prestação de contas da pasta, ato a ser realizado a cada quatro meses, conforme prevê a Lei 141/2012. Por falta de dados conclusivos de abril, os números foram relativos ao primeiro trimestre de 2016, exceto dados do Conisul. Encerrada a exposição pelo Secretário Pedro Madeiro e coordenadores da Secretaria Municipal de Saúde, foram abertos os questionamentos.

Primeiro vereador inscrito, Dr. Raimundo (Raimundo Jorge Rosário Souza) questionou a ausência de assistência odontológica no posto da Marituba do Peixe desde 2013 e a intervenção que rachou paredes do posto de saúde da Palmeira Alta. Ele criticou a demora para a marcação de consultas ou exames e se será preciso realizar mutirão de saúde todos os dias para acabar com a demanda reprimida.

Pedro Madeiro disse que a morosidade da licitação atrasa a solução dos problemas na área de Odontologia e que é impossível acabar com a demanda reprimida no setor atingido com a redução de financiamento do governo federal. Sobre o posto da Palmeira Alta, tema também cobrado pelo vereador Nem Batista (Valdir Batista dos Santos), Madeiro declarou visitará o local quando o Secretário Municipal de Infraestrutura, Valmir Lessa, recuperar-se de cirurgia.

Segundo parlamentar inscrito, Jorginho Seixas (Jorge Seixas Serapião) pediu esclarecimentos sobre de quem é a responsabilidade pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (SAMU). O Secretário de Saúde disse que as viaturas são adquiridas pela União, com manutenção dos veículos e das bases descentralizadas pelo governo estadual.

Sobre a ausência de viatura do SAMU em Penedo, Pedro Madeiro informou que o governador Renan Filho autorizou envio de uma viatura após audiência com o prefeito Március Beltrão. Jorge Seixas também perguntou sobre o atendimento dos casos judicializados. O gestor disse que há comissão formada por médicos, farmacêuticos, membros da Procuradoria e da Controladoria do Município para analisar os casos com representantes da Justiça.

Madeiro destacou ainda as melhoras proporcionadas pelo Conisul, frisando que o aumento da assistência depende da oferta de procedimentos por empresas interessadas em vender seus serviços ao consórcio intermunicipal.

O vereador Derivan Thomaz destacou a qualidade da equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde, pessoal que deve ser valorizado pelo novo gestor da pasta. Defensor do servidor municipal, o parlamentar que também é funcionário da Prefeitura de Penedo cobrou direitos dos agentes comunitários de saúde e de endemias e reclamou da perseguição que sofre da atual administração por questões políticas. Ele também comparou a assistência que Pedro Madeiro recebe da gestão com a que foi dispensada para a ex-secretária.

 

Para Derivan, Vera Costa não teve apoio do Prefeito Március Beltrão, ao contrário do prestígio do sucessor da pasta junto ao gestor do município. O vereador cobrou ainda dados do Conisul sobre tomografias e ressonâncias para pacientes de Penedo e disse ainda que o programa Saúde Mais Perto de Você deveria atender comunidades sem posto de saúde.

 

Valdinho Monteiro e Nem Batista também reforçaram a necessidade do transporte adequado para pessoas das comunidades rurais de Penedo, desde ambulâncias aos carros que transportam pacientes para exames, consultas ou cirurgias em outras cidades. Monteiro também criticou a promessa não cumprida da aquisição de ambulâncias pelo governo atual, citando ainda a suposta falta de empresa interessada em participar da licitação, conforme declarou a ex-secretária Vera Costa em outra audiência pública.

 

Nem Batista parabenizou a administração municipal pelas melhorias alcançadas, aproveitando para pedir a instalação de aparelhos de televisão na recepção dos postos de saúde e voltou a cobrar a regulação do SAMU. O Secretário de Saúde explicou que o serviço segue protocolo nacional, o que impede o atendimento do pleito do vereador.

 

Antes de encerrar a audiência iniciada às 14h30 e concluída às 19h15, o Presidente da Câmara Municipal de Penedo, vereador Júnior do Tó (Antônio de Figueiredo Barbosa Júnior), perguntou se alguém da assistência gostaria de fazer alguma pergunta, o que não ocorreu.

 

Júnior frisou ainda que os agentes de saúde devem ser vistos com mais carinho pela administração, destacando a excelência da equipe montada pela ex-secretária Vera Costa, pessoal mantido na coordenação da pasta por Pedro Madeiro.

 

Júnior do Tó também sugeriu a instalação de uma central para coordenar o serviço de ambulâncias exclusivas para atender moradores da zona rural, assistência ainda inexistente e constantemente cobrada na Câmara Municipal de Penedo. O Presidente da CMP agradeceu a presença do Secretário Pedro Madeiro e coordenadores, desejando sucesso a todos.

 

Texto e foto Fernando Vinícius – jornalista MTB 837/AL

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *