Últimas

Vitória 1×1 Atlético-MG: em jogo fraco tecnicamente, mineiros e baianos não passam de um empate

Galo começa melhor, abre o placar, mas perde muitas chances e cede igualdade aos mandantes

Esse foi difícil de assistir, viu… Em jogo fraco tecnicamente e de dar sono, Vitória e Atlético-MG não passaram de um empate por 1 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Galo chegou aos cinco pontos, e ocupa o 11º lugar. Já o time baiano também soma cinco unidades, mas ocupa o 10º posto da tabela.


GOALLEIA MAIS: GOAL
Flu vence Botafogo | São Paulo bate Palmeiras | O cara da vitória do Corinthians


Na próxima rodada, nesta quarta-feira, o Alvinegro encara o Fluminense, às 21h45 (de Brasília), no Independência. O Vitória, por sua vez, visita o Flamengo, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, na quinta, às 21h (de Brasília).

O jogo

A partida foi muito fraca tecnicamente, mas começou elétrica. Com apenas seis minutos, o Atlético-MG, que teve nada mais nada menos que 11 desfalques e apenas quatro titulares em campo, teve boa chance com Patric, mas finalizou mal para defesa de Fernando Miguel. Na sequência, Diego Renan acertou a trave do Galo, e Kieza chutou para grande intervenção de Victor.

Após o início frenético, porém, o nível caiu. O Atlético-MG passou a controlar a posse de bola e criar as melhores chances do jogo. Pablo e Carlos, em boas jogadas individuais, quase abriram o placar. O quase, no entanto, acabou aos 36 minutos. Em cobrança de escanteio ensaiada, Marcos Rocha rolou para Patric, que fez 1 a 0 para o Galo aproveitando também um frango bizarro de Fernando Miguel.

Depois do gol, o time visitante controlou ainda mais a partida e passou a aproveitar o desespero do Vitória, que se lançou ao ataque tentando o empate de qualquer maneira. O Galo teve pelo menos quatro ótimas chances de marcar, mas desperdiçou as oportunidades, e acabou pagando caro por isso. Aos 33 minutos do segundo tempo, Kieza aproveitou falha da defesa atleticana e bom lançamento de Victor Ramos e empatou o jogo, tocando com categoria na saída de Victor.

O Atlético-MG ainda teve uma boa chance com Patric no fim do jogo, mas o lateral, improvisado como armador nesta tarde, perdeu mais uma oportunidade. O resultado acabou sendo pior para o Galo, que poderia ter vencido a partida mesmo com o caminhão de desfalques e segue sem vencer desde que Marcelo Oliveira assumiu.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *