Últimas

Warriors viram a série contra o Thunder e avançam à final da NBA

O Golden State Warriors derrotou o Oklahoma City Thunder na madrugada desta terça-feira (31), por 96 a 88, em casa, fechou a série melhor de sete em 4 a 3 e se classificou para a final da NBA pela segunda temporada consecutiva.

O time do armador Stephen Curry vai reencontrar o Cleveland Cavaliers, que se garantiu na decisão na sexta-feira (27) ao bater o Toronto Raptors, por 113 a 87, e fechar a série em 4 a 2.

No ano passado, o Golden State Warriors conquistou o título da liga pela quarta vez na sua história ao derrotar justamente os Cavaliers, por 4 a 2.

O primeiro jogo da série final melhor de sete entre os dois times acontece na próxima quinta-feira (2), em Oakland. Por ter a melhor campanha, os Warriors têm o direito de jogar uma partida a mais em casa.

Grande sensação da temporada, a equipe de Curry sofreu, mas conseguiu vencer e se tornou a décima franquia (de outras 232 séries) a tirar uma desvantagem de 3 a 1 na série.

Além deste ano, isso aconteceu também em 1968 (com Boston Celtics), 1970 (com Los Angeles Lakers), 1979 (com Washington Bullets), 1981 (com Celtics novamente), 1995 (com Houston Rockets), 1997 (com Miami Heat), 2003 (com Detroit Pistons), 2006 (com Phoenix Suns) e 2015 (com Rockets novamente).

Os Warriors chegaram para a série contra o Thunder como os grandes favoritos, pois marcaram o seu nome na liga ao estabelecer o novo recorde de vitórias na temporada regular (73 triunfos e apenas nove derrotas).

A franquia que tem sede em Oakland, na Califórnia, bateu a marca do Chicago Bulls de 1995/96, que teve 72 vitórias e dez derrotas.

Porém, o Thunder se mostrou à altura de competir com os atuais campeões. No primeiro jogo, por exemplo, em Oakland, venceu por 108 a 120.

Depois de perder a segunda partida, novamente em Oakland, por 118 a 91, a equipe de Kevin Durant e Russell Westbrook voltou para a casa e atropelou os rivais em dois jogos: vitórias por 133 a 105 e 118 a 94.

Na quinta partida, o Thunder assustou novamente na Califórnia, mas perdeu por 120 a 111.

No sexto duelo, no sábado (28), em Oklahoma, o time da casa ficou boa parte da partida na frente do placar, mas sucumbiu no fim e foi derrotado por 108 a 101.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *