Últimas

Após 2015 trágico, Marcelo Mattos ressuscita no futebol com o Vasco

Nenê pode ser o craque do time, mas ninguém personifica tanto a situação atual do Vasco quanto Marcelo Mattos

Marcelo Mattos tinha sido um dos jogadores que, após o rebaixamento do Botafogo, decidiu permanecer em General Severiano em 2015. No entanto, para a sua própria surpresa, acabou sendo dispensado meses depois, após cinco jogos no torneio de acesso.

Apesar da bela história que havia construído em General Severiano, havia um certo consenso de que o volante não estava mais ajudando em campo quanto antes. Pior. A fase de Marcelo Mattos era longe de ser boa. Na decisão estadual contra o Vasco, por exemplo, um erro seu acabou por decretar o título do clube que viria a ser a sua futura casa.

A vida seguiu longe do Botafogo e do Rio de Janeiro. Marcelo Mattos foi anunciado como um dos principais reforços do Vitória, da Bahia, que também disputava aquela Série B de 2015. Só que ao longo da temporada o volante de 32 anos não conseguiu entrar em campo com regularidade: foram apenas dez tímidos jogos. De positivo, o acesso após a terceira colocação na Série B.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Leandrão pode ajudar Thalles | O mundo era outro quando o Vasco perdeu | Flamengo apresenta Vaz


Exatamente por esse histórico recente, quando o Vasco da Gama anunciou a sua contratação, em janeiro deste ano, nenhum torcedor ficou animado. Pelo contrário, a chegada do volante era motivo de desconfianças e críticas. Após um ano difícil, ele buscava a recuperação… assim como o próprio clube de São Januário.

“Foi um ano triste para o Vasco. Também foi muito difícil para mim. Não esperava a saída do Botafogo, fiquei longe da minha filha… Estou tendo esta nova oportunidade de fazer bonito”, disse em sua chegada ao Gigante da Colina.

E o meio-campista abraçou com força essa oportunidade de fazer bonito. No Campeonato Carioca, foi uma boa peça na conquista do título e até fez gol, algo bem raro em sua carreira, durante a campanha (contra o Boavista). Mas é na Série B que Marcelo Mattos tem se mostrado essencial pela equipe comandada por Jorginho.

Com a camisa do líder invicto, é líder de desarmes (19) e ainda não levou nenhum cartão. Ainda é um jogador que não tem medo de aparecer, e sempre busca equilibrar as subidas ao ataque. Mas os times que buscam chegar até o gol de Jordi sabem que nele está a grande dificuldade de se aproximar à intermediária.

Um jogador bom, com história no futebol e uma surpreendente recuperação. Nenê pode ser o grande craque deste time do Vasco, mas ninguém personifica tão bem o momento do clube do que Marcelo Mattos.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook