Genilson Ferreira está foragido

Assassino de funcionária de supermercado em Penedo é deportado para Brasil

Genilson Ferreira Silva foi localizado pela Polícia Federal venezuelana e entregue à brasileira em Roraima

 

Após ser preso na Venezuela no mês passado, o alagoano e procurado pela Interpol, Genilson Ferreira Silva, 39, que é acusado de assassinar a ex-mulher em Penedo/AL, foi entregue, esta semana, as autoridades brasileiras.

De acordo com informações policiais, o acusado foi entregue à Polícia Federal em Pacaraima, em Roraima, após ser expulso da Venezuela no final da tarde de quarta-feira, 22.

Atualmente, ele está na Penitenciária Agrícola de Roraima, onde ficará aguardando os trâmites legais para transferência para o estado de Alagoas.

 

Caso

No dia 09 de junho, a Polícia Civil de Alagoas informou que o acusado tinha sido preso pela Polícia Federal Venezuelana. Genilson Ferreira é acusado de matar a operadora de caixa de um supermercado, Claudinete Catum, no município de Penedo, no dia 23 de fevereiro do corrente ano.

Após o crime, o acusado conseguiu fugir de ônibus para São Paulo e a polícia não conseguia prendê-lo por ele sempre mudar de esconderijo.

Em desfavor do mesmo existia um Mandado de Prisão Preventiva emitido pelo juíz da 4º Vara Criminal de Penedo, atendendo a representação formulada pela Polícia Civil, após investigações. No mês de maio, Genilson foi detido em uma cidade da Venezuela, na região de fronteira, pela Polícia Federal daquele país.

Da redação com alagoas24horas

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook