Últimas

Associações e cooperativas são selecionadas para receber materiais recicláveis da Codevasf em Alagoas

Duas associações e duas cooperativas de catadores de materiais recicláveis foram selecionados, por meio de edital de chamamento público, para recebimento de resíduos sólidos coletados nas dependências da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Alagoas. As instituições atenderam os requisitos do Chamamento Público N.º 02/2016 realizado pela Codevasf e participaram de um sorteio para definição da ordem de recebimento dos materiais recicláveis por um período de seis meses até que todas as associações e cooperativas sejam atendidas.

O sorteio realizado em sessão pública no último dia 1º de junho, na sede da 5ª Superintendência Regional da Codevasf em Penedo (AL), definiu que a Cooperativa de Recicladores de Lixo Urbano de Maceió (Cooplum), com sede em Maceió (AL), será a primeira instituição a receber os materiais recicláveis coletados nas dependências da Codevasf em Alagoas por um período de seis meses. Em seguida, também por um período de seis meses, será a vez da Associação de Catadores de Resíduos Sólidos de Arapiraca (Ascara) passar a receber os recicláveis.

A ordem de entrega dos materiais recicláveis definida no sorteio público segue com a Cooperativa de Recicladores de Alagoas (Cooprel), de Maceió, como terceira colocada, e a Associação de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis São José (Ascamare), do município de Coruripe (AL), como quarta selecionada.

Segundo o administrador de empresas Glauco Francisco Santos, analista em Desenvolvimento Regional da Codevasf em Alagoas e integrante da Comissão de Coleta Seletiva Solidária da companhia, o processo de repasse de materiais recicláveis às associações e cooperativas selecionadas pelo chamamento público terá duração de dois anos, no qual cada uma das quatro instituições será atendida por um período de seis meses, seguindo a ordem de classificação no sorteio.

“Após a homologação do processo pelo superintendente regional da Codevasf em Alagoas, iremos celebrar o termo de compromisso com a primeira instituição selecionada, que é a Cooplum, e repassar os resíduos sólidos coletados pela Codevasf”, informou integrante da Comissão de Coleta Seletiva Solidária da Codevasf.

A previsão é que até o mês de julho a Cooplum comece a receber os materiais recicláveis da Codevasf. Segundo Glauco Francisco Santos, a previsão é que, durante o período de recebimento, cada instituição receba aproximadamente uma tonelada de material reciclável, que serão transportadas pela própria Codevasf até a sede da associação ou cooperativa.

Finalizado o período de dois anos de validade desse chamamento público, a Comissão de Coleta Seletiva Solidária da Codevasf em Alagoas lançará novo edital para seleção de cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis.

A sessão pública para realização do sorteio que definiu a ordem de recebimento dos resíduos sólidos contou com o apoio e participação do chefe da Unidade Regional de Meio Ambiente, engenheiro agrônomo Pedro Melo, e do chefe substituto da Secretaria Regional de Licitações da Codevasf em Alagoas, engenheiro civil Jorge Melo.

Coleta Seletiva Solidária

A realização do chamamento público que selecionou as associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis é uma das ações do programa Coleta Seletiva Solidária da Codevasf e atende ao que está determinando no Decreto Federal N.º 5.940/2006, que institui a separação dos resíduos recicláveis descartados pelos órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta, na fonte geradora, e a sua destinação às associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis.

 

Bruno Santos – Jornalista Mte 759/AL

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook