Últimas

Belo Horizonte registra 12,7° C no dia mais frio do ano

Belo Horizonte registrou nesta segunda-feira o dia mais frio do ano. Na região da Pampulha, os termômetros chegaram a marcar 12,7º C. A tendência é que a temperatura seja ainda mais baixa nos próximos dias. Segundo o Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais (Simge), até sexta-feira os termômetros poderão alcançar 10º C ao amanhecer.

No sul de Minas Gerais, o frio foi ainda mais intenso. Com temperaturas abaixo de zero, o agasalho se tornou obrigatório. No município de Camanducaia, os termômetros do distrito Monte Verde registraram -2,9 ºC. Foi a temperatura mais baixa do ano considerando todas as cidades mineiras.

Ventos
Segundo Adelmo Correia, meteorologista do Simge, essas temperaturas são comuns no inverno mineiro, que começa no dia 20 de junho. “Em 2016, o frio chegou antes da hora. Temperaturas abaixo de zero no sul do estado não são atípicas, mas ocorrem em meados de julho. Ainda falta uma semana para entrar o inverno”, esclareceu Adelmo.

Devido aos ventos, a sensação térmica de algumas regiões poderá ser ainda maior do que registram os termômetros. O meteorologista informou que as temperaturas baixas são resultado da redução da intensidade do El Niño e da chegada de um massa de ar frio no Sul e no Sudeste do Brasil. No entanto, seria preciso um estudo aprofundado para explicar de forma mais detalhada essa forte queda da temperatura.

Chuvas
Não há previsão de chuvas para os próximos dias em Minas Gerais. Por outro lado, as precipitações que ocorreram nas últimas semanas também podem ser consideradas atípicas. “Em Belo Horizonte, por exemplo, superamos 70mm. Esse início de junho chuvoso é incomum. O normal nessa época do ano é ausência de precipitação e entrada de massa de ar frio. A média de chuvas neste mês para a capital mineira é de 14mm”, diz Adelmo Correia.

O meteorologista recomenda beber bastante água e manter o uso do protetor solar. “As pessoas pensam que, por estar frio, o sol é menos intenso. Mas no Brasil há radiação solar em todas as estações. E também é preciso ingerir líquidos para amenizar os efeitos do tempo seco”.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook