Últimas

Blatter denuncia manipulação em sorteios, mas Uefa diz que acusação é absurda

Ex-presidente disse que testemunhou o problema na entidade europeia, mas alegou que nunca esteve envolvido

Banido do futebol por seis anos, Joseph Blatter criou polêmica no esporte, nesta terça-feira. O ex-presidente da Fifa afirma que já testemunhou sorteio em que as bolas eram quentes ou frias para manipular os duelos de determinadas competições.

Blatter disse isso quando foi questionado se a Argentina tinha sido beneficiada de alguma forma para cair em um grupo fácil na Copa do Mundo de 2014, em que enfrentou Nigéria, Irã e Bósnia.

“O sorteio da Copa do Mundo de 2014 foi limpo até o último detalhe. Nunca toquei nas bolas, era algo para outras pessoas fazerem”, afirmou ele, em entrevista ao jornal La Nacion.


Todos sorteios da Uefa sempreão feitos com bolinhas (Foto: Getty Images)

Mas depois ele afirmou que poderia ter usado as bolas quentes e frias em sorteios: “é tecnicamente possível. Não aconteceu na Fifa, mas eu testemunhei sorteios no nível europeu em que isso aconteceu. Mas nunca na Fifa. Isso poderia ter acontecido, mas no meu caso nunca aconteceu”, afirmou Blatter, que presidiu a Fifa de 1998 a 2015.

Michel Platini foi o último presidente da Uefa, que organizava outras competições europeias nos últimos anos. Ele está banido do futebol até 2021.

A entidade europeia se manifestou sobre a declaração de Blater com um anúncio simples: “as acusações de que a Uefa realizou sorteios manipulados são completamente absurdas e, por isso, não há nada que comentar a respeito”, disse à Agência Efe um porta-voz.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook