Últimas

Brasil 7 x 1 Haiti: Seleção cumpre seu papel, goleia e fica perto de classificação à próxima fase da Copa América

Philppe Coutinho faz três, Renato Augusto dois, além de Gabigol e Lucas Lima; Marcelin fez o de honra aos haitianos

O Brasil fez sua parte, aproveitou-se da fragilidade do adversário considerado um dos mais fracos da Copa América, e atropelou o Haiti por 7 a 1, na noite desta quarta-feira, em Orlando, em jogo válido pela segunda rodada do grupo B. Philippe Coutinho foi o destaque da partida, marcando três vezes. Renato Augusto (duas vezes), Gabigol e Lucas Lima também anotaram, enquando Marcelin fez o gol histórico e de honra para o Haiti.

Com o resultado, o Brasil sobe para a primeira posição do grupo B, com 4 pontos, aguardando ainda o confronto entre Peu e Equador, que se enfrentam na madrugada desta quinta-feira. Já o Haiti segue na lanterna, sem pontuar. Na próxima rodada, a Seleção Brasileira enfrenta o Peru, em Massachusetts, enquanto o Haiti encara o Equador, em Nova Jersey.

O jogo

Como esperado, o Brasil comandou a partida em Orlando. A Seleção Brasileira iniciou indo para cima do Haiti e fazendo o que não fez contra o Equador na estreia: chutar ao gol. Aos 14, Coutinho recebeu de Filipe Luís, avançou pela meia esquerda, foi para cima da marcação e acertou um chutaço, abrindo o placar.


Daniel Alves foi o garçom da noite em Orlando (Foto: Lucas Figueiredo / MoWA Press)

O Haiti, se esforçou, mas não conseguiu resistir. Aos 29, Daniel Alves cruzou, Jonas dividiu com a marcação e rolou para Coutinho, de novo, ampliar. Pouco depois, foi a vez de Renato Augusto, de cabeça, marcar. Mas quem pensou que os haitianos estavam entregues, se enganaram. Antes do intervalo, Alcenat fez boa jogada e bateu forte, obrigando Alisson a trabalhar.


Ao lado de Coutinho, Renato Augusto foi o destaque da partida (Foto: Getty Images)

Na etapa complementar os gols voltaram a sair. Gabriel, que voltou do vestiário no lugar de Jonas, marcou em seu primeiro lance dentro da área, aos 14. Pouco depois, foi a vez de Lucas Lima, de cabeça, fazer após assistência de Daniel ALves. Na sequência, o Haiti mostrou que não estava morto e fez o seu de honra com Marcelin. Mas ainda sobrou tempo para mais. Aos 40, Renato Augusto bateu no cantinho, enquanto no último lance do jogo, Coutinho acertou outro belo chute e fechou o placar.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook