Últimas

CBF diz que cumpriu os 'trâmites éticos' ao contratar Tite

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, disse que a entidade “cumpriu rigorosamente os trâmites éticos e institucionais” ao contratar Tite para comandar a seleção brasileira.

Nesta quarta (15), o presidente do Corinthians, Roberto Andrade, acusou o presidente da CBF, Marco Polo del Nero, de deslealdade por não ouvi-lo antes do início das negociações.

Em nota, a CBF disse que procurou Tite na terça (14) para “saber de sua eventual disposição em dialogar com a entidade sobre a possibilidade de assumir o cargo”.

Na ocasião, Del Nero e o ex-técnico do Corinthians se reuniram por três horas no prédio da CBF, e praticamente fechar o acordo. Nesta quinta (16), eles voltam a se encontrar no Rio. Em seguida, Tite deve ser apresentado oficialmente como treinador.

“A conversa limitou-se à troca das expectativas das partes, sem tocar em qualquer questão de cunho contratual ou salarial, no aguardo do contato, nesta manhã, entre os presidentes da CBF e do clube”, escreveu a entidade na nota.

Feldman disse que Del nero tentou falar com Andrade desde a manhã desta quarta, mas não teve sucesso.

“O Roberto é um amigo nosso. Vamos conversar e esclarecer a situação”, disse o secretário-geral.

Segundo Andrade, ele não foi contatado em nenhum momento pela entidade máxima do futebol brasileiro para falar sobre o treinador.

“Eu estou puto com a CBF, para ser bem exato. Não recebi um telefonema do presidente da CBF. Esse é o respeito que eles têm com os clubes brasileiros. O Corinthians merecia um pouco mais de respeito”, afirmou Andrade nesta quarta-feira (15) no centro de treinamento do Corinthians.

“Não mudaria nada se eles me ligassem e dissesse que queriam o Tite. Jamais eu iria falar que não pode, e não mudaria o final da história”, disse o dirigente.

Eduardo Anizelli/Folhapress
SAO PAULO, SP, BRASIL, 15-06-2016, 16h00: O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, durante anuncio a imprensa sobre a saida do tecnico Tite do comando do time. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress, ESPORTE)
Roberto de Andrade, presidente do Corinthians, anuncia saída de tite do comando da equipe

VEJA NOTA DA CBF

Tendo em vista as declarações do Presidente do Sport Club Corinthians Paulista, Sr. Roberto de Andrade, a CBF esclarece que cumpriu rigorosamente os trâmites éticos e institucionais por ocasião da transição do comando da Seleção Brasileira de Futebol e informa:

1 – Que não manteve contato com nenhum treinador visando à substituição de Dunga até seu formal desligamento da Seleção;

2 – Que a CBF teve um único contato com Tite, na noite de ontem, para saber de sua eventual disposição em dialogar com a entidade sobre a possibilidade de assumir o cargo;

3 – A conversa limitou-se à troca das expectativas das partes, sem tocar em qualquer questão de cunho contratual ou salarial, no aguardo do contato, nesta manhã, entre os presidentes da CBF e do Clube;

4 – Na primeira hora da manhã desta quarta-feira, o presidente Marco Polo Del Nero tentou, por diversas vezes, o contato telefônico com o Sr. Roberto de Andrade;

5 – Diante do insucesso das tentativas, sucederam, a partir das 9 horas e 42 minutos, mensagens por Whatsapp, e-mail e um diálogo com a secretária do presidente. Todos infrutíferos, a despeito das confirmações de recebimento;

6 – A CBF informa que a partir desta quinta-feira, diante do desenrolar dos fatos, dará início aos entendimentos para a contratação do treinador.

A CBF ratifica seu permanente respeito aos clubes brasileiros e aos seus mais elevados interesses.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook