Últimas

CBF "rouba" técnico do Corinthians pela terceira vez no século

Antes de Tite ser contratado, Parreira e Mano Menezes já tinham saído do time alvinegro e assumido a Seleção Brasileira

Definitivamente a CBF está de olho em técnicos que conseguem sucesso no Corinthians. Tite acabou de ser “roubado” pela Seleção Brasileira, mas neste século isso já tinha acontecido outras duas vezes, com Carlos Alberto Parreira e Mano Menezes.

Após o pentacampeonato na Copa do Mundo de 2002, Felipão não quis continuar na Seleção, então a CBF teve que procurar um substituto. Foi muito especulado que Oswaldo de Oliveira ficaria com o cargo, mas Parreira vinha fazendo um bom trabalho no Corinthians, pois tinha sido campeão da Copa do Brasil e do Torneio Rio-São Paulo e vice do Brasileiro no ano anterior. Acabou sendo o escolhido.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Os títulos de Tite | Corinthians na bronca | Veja notícias da Seleção


Cogitou-se que Parreira poderia continuar no Corinthians e treinar a Seleção, mas ele desistiu: “não dá para acumular os dois cargos. A Seleção Brasileira tem de ter exclusividade. Conversei com os dirigentes do Corinthians, que ficaram chateados, mas entenderam a situação. Agradeço muito ao clube. Só estou novamente na Seleção Brasileira por causa do Corinthians”, afirmou Parreira na época.

Já em 2010, depois do fracasso de Dunga (substituto de Parreira em 2006) na Copa do Mundo daquele ano, a CBF deu prioridade para contratar Muricy Ramalho, mas a negociação foi mal feita, e o técnico recusou o convite. O “plano B” foi a contratação de Mano Menezes, que estava no Corinthians desde 2008 e tinha conquistado a Série B daquele ano, além do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil de 2009 e liderava o Brasileirão.

Na época, Mano disse que estava saindo do Corinthians porque sempre teve como meta treinar a Seleção Brasileira: “eu vim escrevendo uma trajetória que esperava terminar na Seleção e foi mais rápido do que eu esperava. Eu tenho por linha aceitar convites importantes. Projeção cada vez mais importante, mais grandiosas. E esta é a mais grandiosa de todas”.

Agora chegou a hora de Tite sair do comando do Corinthians para assumir a Seleção Brasileira. Ele já tinha sido sondado quando estava desempregado, mas a CBF preferiu apostar em Dunga em 2014. E assim tudo convergiu para que mais um técnico do Corinthians fosse contratado pela CBF.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook