Últimas

Com Arena da Amazônia ameaçada, Manaus faz força-tarefa para ficar na Rio

Sob ameaa de ser cortada dos Jogos Olmpicos do Rio, Manaus ps em ao desde sexta-feira (17) uma fora-tarefa para acelerar a contratao do servio e montagem de estruturas temporrias.

A colocao de gradis que delimitam reas de segurana, revista e mdia uma exigncia do COI (Comit Olmpico Internacional) e do Comit Organizador dos Jogos do Rio para sediar partidas.

No caso da capital do Amazonas, que receber seis jogos do torneio olmpico de futebol, as estruturas temporrias eram responsabilidade do governo do Estado. Construda para a Copa do Mundo de 2014, a Arena da Amaznia custou R$ 660 milhes.

Na ltima quarta-feira (15), representantes do COI e da organizao dos Jogos do Rio participaram de uma reunio que avaliou o andamento do projeto olmpico no geral e discutiu o corte de Manaus como sede, em razo de atrasos na execuo das obras.

Segundo a Folha apurou, a rea tcnica do comit Rio-2016 chegou at mesmo a defender a retirada da cidade como sede do futebol olmpico.

Encurralado, o governo de Manaus remodelou a diviso de tarefas no ltimo dia til da semana passada. A Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer vai dividir as atribuies com a pasta de Cultura, que agora vai coordenar a instalao das estruturas temporrias necessrias.

“Isso estava a cargo do comit olmpico Manaus 2016, mas ele estava passando por algumas dificuldades para colocar em prtica o que foi planejado. O governador Jos Melo decidiu, ento, dividir [as atribuies] entre secretarias”, afirmou Folha Fabricio Lima, secretrio de Esportes de Manaus.

A promessa era concluir a licitao para a execuo dos servios nesta segunda (20). “Se houver problema [com esta licitao], o governador far uma nova, em carter emergencial, para atender s demandas do comit”, complementou o secretrio.

O gasto com estruturas temporrias e um programa de voluntariado local ficar em torno de R$ 8 milhes, que devero ser custeados pelo governo estadual.

Outros R$ 390 mil foram investidos na ampliao de dois para quatro vestirios, devido a rodadas duplas que ocorrero nos Jogos. As reformas esto sendo realizadas e devem acabar em 1 de julho.

Bruno Kelly – 9.mar.14/Reuters
A general view of the Arena Amazonia Vivaldo Lima soccer stadium during the inaugural match between the Nacional and Remo clubs in Manaus, March 9, 2014. The World Cup stadium in the Amazonian city of Manaus was inaugurated Sunday with a ceremony and test match in front of a crowd of 20,000 fans. The stadium is the eighth of the 12 World Cup stadiums to be officially handed over with construction still underway in Curitiba and Sao Paulo, which will host the opening match on June 12. Rebelo sounded confident with one of the most problematic stadiums now more than 97 percent complete. REUTER/Bruno Kelly (BRAZIL - Tags: SPORT SOCCER WORLD CUP) ORG XMIT: BRA106
Inaugurao da Arena Amaznia, um dos 12 estdios da Copa

Lima afirmou que a inteno entregar o estdio para controle exclusivo do comit Rio-2016 em 14 de julho –trs dias antes da data-limite.

Presidente do Comit Organizador dos Jogos do Rio, Carlos Arthur Nuzman esteve na cidade neste domingo (19) e nesta segunda-feira (20), onde recebeu ttulo de “Cidado de Manaus” na Assembleia Legislativa.

Ele tambm aproveitou para se reunir com o coordenador do comit na cidade, Helio Marinho Gesta de Melo.

O diretor-executivo de comunicaes do Rio-2016, Mario Andrada, porm, disse que a ida do cartola ao Amazonas no teve relao com as incertezas sobre Manaus ser ou no sede olmpica.

Lima, secretrio de esporte, contou que o dirigente atuou para garantir a manuteno da capital. A Fifa, que participa da organizao do torneio de futebol olmpico, e o COI fizeram presso para a retirada da cidade.

Andrada afirmou que de fato a preparao em Manaus estava atrasada, mas que, desde a cobrana feita na semana passada, as autoridades locais tm reagido. “Por enquanto, Manaus continua dentro dos Jogos Olmpicos do Rio”, comentou.

O jornalista MARCEL MERGUIZO viaja a Manaus a convite do Bradesco


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook