Últimas

Contratação de Cristóvão Borges agrada aos jogadores corintianos

Tanto quanto a vitória sobre o Botafogo, a escolha do novo treinador do Corinthians deixou os jogadores satisfeitos. E até um pouco aliviados, já que o clima de indecisão que tomou conta do clube nos últimos dias preocupava o elenco.

O lateral-direito Fagner, capitão do time no triunfo deste domingo (19), no Itaquerão, era um dos mais animados com a novidade. No Vasco, clube que defendeu entre 2009 e 2012, ele trabalhou com Cristóvão –primeiro como auxiliar de Ricardo Gomes e, posteriormente, como treinador. Segundo o jogador, o novo comandante da equipe corintiana tem todos os requisitos necessários para dar certo no campeão brasileiro.

“Ele é uma pessoa muito tranquila, calma, serena, e essa serenidade vai ajudar a nos dar tranquilidade para trabalhar”, comentou Fagner. “Trata-se de um excelente treinador, que tem tudo para fazer um grande trabalho aqui com a gente.”

Opinião semelhante tem o meia Guilherme. Ele nunca trabalhou com Cristóvão, é verdade, mas conhece a boa fama do baiano e está convencido de que o Corinthians escolheu bem, especialmente porque o treinador já vestiu a camisa alvinegra.

“Ele tem uma grande vantagem, que é ter jogado no clube. Isso ajuda muito, pois o Cristóvão já conhece bem a pressão que existe sobre quem trabalha aqui, não vai ficar intimidado.”

Fábio Carille, o auxiliar que dirigiu a equipe na derrota para o Fluminense e na vitória sobre o Botafogo, ainda não conversou com Cristóvão, mas já sabe como vai ajudar o novo chefe da comissão técnica corintiana. “Mais do que na questão tática, acho que posso ajudá-lo a lidar com cada jogador. Tipo: ‘Com este precisa ser mais duro, com aquele precisa ser mais paizão’.”

O que ninguém no Corinthians espera é que Cristóvão faça uma transformação radical na equipe. Afinal de contas, Tite deixou o time montado e, segundo pensa o elenco, não seria boa uma mudança de rumo no meio da temporada.

“O time já está formado, os jogadores já se conhecem, é só dar sequência”, disse Guilherme. “O Cristóvão vai colocar alguma coisa dele, é claro, mas acredito que ele vai seguir a filosofia do Tite”, concordou o presidente Roberto de Andrade.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook