Últimas

Convocação de Prass para a Olimpíada tem a bênção de Tite de olho na principal

A convocao de Fernando Prass para a seleo olmpica tem o dedo de Tite, treinador do time principal.

A lista de 35 pr-convocados da seleo brasileira de futebol para a Rio-2016 que estava sendo elaborada por Gilmar Rinaldi e Dunga, respectivamente coordenador e tcnico do time da CBF at o incio de junho, tinha dois goleiros com mais de 23 anos: Alisson, que est se transferindo da Inter para a Roma, e Marcelo Grohe, do Grmio.

A dupla j tinha um feedback do time italiano de que no liberaria Alisson. O argumento da Roma que quer o seu novo contratado se adaptando na pr-temporada em agosto, que bate com a data olmpica. Grohe seria, ento, a opo para o gol caso o Benfica no liberasse Ederson.

O goleiro do time portugus era o nico com idade olmpica (sub-23) que antiga e tambm a atual comisso tcnica da seleo olmpica confiava para ser titular no Rio e, como j se previa, no foi liberado pelo Benfica – como a Olimpada no um torneio oficial da Fifa, os clubes no so obrigados a ceder sues atletas.

Dunga acumulava os cargos de tcnico do time principal e olmpico, mas sua demisso, depois da eliminao da seleo principal na Copa Amrica Centenrio na primeira fase, abriu espao para uma nova opo no gol: Fernando Prass, do Palmeiras e que ter 38 anos na Rio-2016. Mas como o goleiro palmeirense, que nunca vestiu a camisa da seleo, apareceu como o arqueiro do time olmpico, com potencial at para ser o capito?

A linha do tempo mais ou menos assim: no domingo, 12 de junho, a seleo principal perdeu de 1 a 0 para o Peru e foi eliminada da Copa Amrica, em Boston. Na segunda (13), o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, decidiu demitir Dunga e Rinaldi, que estavam viajando dos Estados Unidos ao Brasil.

Na tera (14), Del Nero demitiu a dupla e convidou Tite para conversar na sede da CBF. Ele ouviu do tcnico que no gostaria de acumular os cargos na principal e olmpica, e que o ideal era efetivar Rogrio Micale, que h quase um ano trabalhava com o time olmpico, j que Dunga no poderia estar em dois lugares ao mesmo tempo e estava ocupado treinando o time principal.

Na quarta (15), a CBF precisou mandar Fifa e ao comit organizador da Rio-2016 a lista com os 35 pr-convocados para a competio. Ou seja, em trs dias, a dupla que definiria os nomes e que negociava com os clubes a liberao dos atletas caiu, e sobrou para o coordenador da base, Erasmo Damiani, e Micale definirem os nomes.

A aparece Tite, que nem havia assinado seu contrato com a CBF ainda. Damiani/Micale no concordavam com algumas ideia de Rinaldi/Dunga. Por exemplo: deixar Thiago Silva fora da seleo.

Tite, ento, foi consultado, informalmente, j que sempre disse que no queria interferir na seleo olmpica. Sobre Thiago Silva, Tite deu o aval, at porque conta com ele para a principal – e Del Nero foi consultado se o zagueiro do PSG poderia estar na pr-lista.

Thiago no vinha sendo convocado no apenas porque falhou na eliminao da Copa Amrica de 2015, no Chile, mas porque no tinha um bom relacionamento com Dunga. No final, ele no apareceu entre os 18 convocados porque o PSG no liberou.

Tite foi consultado tambm sobre goleiro. Falou de Prass, sempre como sugesto. Se nada de extraordinrio acontecer at o fim de julho, quando Tite convocar pela primeira vez sua seleo para jogar as eliminatrias no incio de setembro (contra o Equador, em Quito, e Colmbia, em Manaus), Prass estar na lista. E ser o titular frente os equatorianos.

O nome de Prass foi recebido com entusiasmo pela dupla olmpica. Damiani trabalhou indiretamente com ele no Palmeiras, quando dirigiu a base do clube alviverde entre 2013 e 2015. Prass visto como um lder, que tem boa influncia sobre um grupo de atletas. Elogia e crtica com eficincia, na viso de quem trabalha prximo.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook