Efemérides do Éfemello: O golaço de Gascoigne na Euro 1996

Em 1996, exatamente no dia 15 de junho, o craque inglês marcou um gol inesquecível na Euro daquele ano

 


GOAL Por Fernando Figueiredo


Oi, amigos da GOAL! Sou o Fernando Figueiredo Mello, jornalista, e agora estarei aqui toda semana para relembrar um fato marcante do futebol. Um gol, um jogo, um título, um drible. Esse é o efemérides do éfemello.

 

Na estreia da coluna, relembro o golaço do bad boy Paul Gascoigne contra a Escócia, no lendário estádio de Wembley, pela Eurocopa de 1996.

 

Era a segunda rodada da competição continental. A anfitriã Inglaterra, comandada pelo técnico Terry Venables, havia empatado em 1 a 1 com a Suíça na abertura. A má estreia e o desempenho ruim nos amistosos preparatórios colocavam mais pressão nos donos da casa.

 

Principalmente nas costas do polêmico Gazza. Quase todos na imprensa o tinham como acabado, como um jogador que não agregava e ainda trazia problemas ao time. Somente os fanáticos torcedores do English Teamestavam fechados com o camisa 8. Além, claro, de Terry Venables.

 


(Foto: Getty Images)

 

Bom, veio o confronto diante da arquirrival Escócia, que também tinha empatado na primeira rodada, 0 a 0 com a Holanda. Dia ensolarado, Wembley lotado. O jogo, no entanto, seguia aos trancos e barrancos. Tudo mudou no segundo tempo.

 

O centroavante Alan Shearer levantou a torcida inglesa com o primeiro gol, aos 8. A Escócia foi pra frente tentar o empate. Aos 31, o árbitro italiano Pierluigi Pairetto anotou pênalti para os escoceses, após carrinho de Tony Adams em Gordon Durie.

 

O capitão Gary McAllister foi pra bola, mas um rabo de vento a tirou da marca fatal, atrapalhando o camisa 10 na cobrança. David Seaman defendeu com o cotovelo e manteve o placar favorável aos donos da casa.

 

 

Então, a mágica de Paul Gascoigne aconteceu. Instantes após o pênalti desperdiçado por McAllister, a bola chegou ao meia Darren Anderton pela esquerda da intermediária. De primeira, ele esticou a pelota para Gazza.

 

Com um toque de pé esquerdo, o meia chapelou o zagueiro Colin Hendry, que acabou estatelado no chão. Sem deixar a bola cair, Gascoigne disparou um voleio seco, firme, de pé direito. A bola morreu nas redes de Wembley, que entrou em transe.

 


GOALCLIQUE AQUI E GOAL
conheça o Blog Efemérides do Éfemello


 

Gazza comemorou com os companheiros, em uma festa de água e alegria.

 

Inesquecível. Um golaço para a História.

A Inglaterra avançou às semifinais da Euro’96, quando parou na futura campeã Alemanha, nos pênaltis. Os germânicos levariam a taça diante da República Tcheca.

 

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

 

Fernando Figueiredo Mello é jornalista e responsável pelo site Emérides do Éfemello. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook