Últimas

Elano é elo de jogadores na chegada de Santos e São Paulo no mesmo ônibus

Elano foi o elo entre jogadores santistas e são-paulinos na ida até o Pacaembu, neste domingo (26) – os times se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro a partir das 16h.

Em uma ação da Brahma pela paz nos estádios, os atletas de Santos e São Paulo chegaram ao estádio no mesmo ônibus. O veículo foi envelopado com as cores dos times. No lado santista, de preto e branco, estava escrito que o São Paulo também estava no ônibus, e vice-versa do outro lado, o tricolor.

“Conversei com o pessoal, brinquei com o Michel (Bastos). Acho que é ótimo isso, a disputa é só dentro de campo”, disse Elano, meia do Santos. Ele ficou sentado mais atrás, juntos com os são-paulinos — os santistas ocuparam os primeiros assentos.

A novidade fez os atletas chegarem ao estádio atrasados, por volta das 15h — normalmente a chegada é feita uma hora e meia antes do apito inicial. Os ônibus de cada uma das delegações se encontrou em um estacionamento próximo ao centro de treinamento do São Paulo, na Barra Funda, cerca de 6 km do Pacaembu.

Lá, os jogadores, os dois treinadores, Dorival Júnior e Edgardo Bauza, e os presidentes Modesto Roma Jr e Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, entraram no ônibus.

Na chegada ao Pacaembu, os cartolas desceram juntos, seguidos pelos treinadores e depois os atletas.

“Somos todos amigos, conversamos. É bom para o torcedor ver que a rivalidade só existe em campo”, disse o volante são-paulino Rodrigo Caio.

O jogo, chamado de “clássico da paz”, terá torcida única, ou seja, apenas santistas, já que o mando é do time da Baixada. A determinação de apenas torcedores de um dos times em clássicos em São Paulo é da Secretaria de Segurança Pública, depois que em abril dezenas de confrontos aconteceram antes de um Palmeiras x Corinthians.

ônibus


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook