Últimas

'Ele prometeu me pegar', diz Gabriel sobre Lugano no 'Jogo da Paz'

Jogo da paz? Se antes da partida, neste domingo (26), os jogadores de Santos e São Paulo chegaram ao Pacaembu no mesmo ônibus, em uma campanha pela paz, durante os 90 minutos o jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro foi quente, houve discussão, empurra-empurra, expulsão e ameaças.

“Ele disse que ia me pegar, acho que ele ficou bravo por causa de uma falta anterior. Eu disse que é coisa do futebol”, disse o atacante Gabriel sobre o zagueiro do São Paulo Diego Lugano, que acabou expulso por reclamar com o árbitro Raphael Claus pelo amarelo que ganhou em falta sobre Gabriel.

Minutos antes, o lateral-esquerdo Zeca havia entrado forte em Hudson e o são-paulino levantou rápido e empurrou o rival. Os jogadores dos dois times chegaram perto, houve empurra-empurra, mas a confusão acabou apenas com um cartão amarelo para Hudson e outro para Lucas Lima, um dos mais exaltados no lance.

A torcida do Santos, que foi única no estádio por determinação da Secretaria de Segurança Pública — o mando era santista — gritou olé durante a parte final do segundo tempo, o que parece ter irritado os atletas do São Paulo em campo.

“Não temos que provocar ninguém, [olé] é coisa do jogo. Acho que ele [Lugano] ficou mais bravo pelo placar”, disse Lucas Lima.

Os santistas venceram por 3 a 0, foram aos 19 pontos no Campeonato Brasileiro e agora ocupam a terceira posição no Nacional.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook