Últimas

Eliéser sobre sexo com Kamilla: 'Às vezes, transamos três vezes no dia'

Making of Eliéser e Kamilla no Paparazzo (Foto: Anderson Barros / Paparazzo) Eliéser e Kamilla posam para o Paparazzo, em ensaio que vai ao ar neste domingo, 12, em comemoração ao Dia dos Namorados (Foto: Anderson Barros / Paparazzo)

Kamilla Salgado e Eliéser posaram juntos para o Paparazzo, que vai ao ar neste domingo, 12, em comemoração ao Dia dos Namorados. Nos bastidores do ensaio, que aconteceu na Kaza da Ladeira, no bairro do Cosme Velho, Zona Sul do Rio, o casal contou que, apesar de estar juntos há três anos e três meses, a vida sexual mantém o mesmo ritmo do início do namoro. “Às vezes, transamos três vezes no dia, que é normalmente quando a gente viaja junto e passa o dia descansando num hotel bacana. Aí não tem jeito, ? É de manhã, de tarde e à noite (risos)”, conta o ex-BBB.

Manter a frequência do sexo, aliás, é algo que não é problema para os dois. “Tem gente que fala: ‘Vocês estão juntos há mais de dois anos, não pode ser mais essa pegada frenética’. Mas a verdade é que com a gente ainda é assim, sim”, continua ele. Para Kamilla, o truque é sempre apimentar a relação. “Acho importante toda hora fazer alguma coisinha para apimentar, sabe? Mantém a chama acesa.”

E nada melhor para seduzir o companheiro que uma lingerie bem sexy. “Uso mais branca ou vermelha porque acho que combinam mais comigo por ser morena, fica mais chamativo. Quando ele me vê de lingeire, já sabe, ‘hoje tem’ (risos)”. Eliéser concorda: “A Kamilla é esperta. Ela coloca uma lingerie e passa andando na minha frente como se nada estivesse acontecendo, aí quando passa em frente ao espelho, dá aquela olhadinha safada para mim. Fico louco”, entrega o paranaense.

Making of Eliéser e Kamila no Paparazzo (Foto: Anderson Barros / Paparazzo)Kamilla e Eliéser durante o ensaio: casal está junto
há três anos e se casa em setembro

‘Não dá para pular as preliminares’
Na hora do sexo, os dois concordam que é importante ir com calma. “Não dá para pular as preliminares, até porque nós não somos iguais aos homens que, em dois minutos, já estão com tudo. A gente precisa de tempo para o negócio ficar quente”, afirma Kamilla.

Nesse quesito, Eliéser diz que noiva é nota 10. “A Kamilla é mais carinhosa, tem mais calma e vai envolvendo até chegar ao clímax. No começo eu era mais agressivo, queria chegar chegando, mas até nisso sinto diferença depois desse tempo juntos. Tenho a preocupação em agradá-la, até porque não é uma pessoa qualquer que conheço há uma semana, é a mulher com quem vou casar e quero passar o resto da minha vida”, derrete-se ele, que tem um truque para essas horas. “Ela gosta que pegue no cabelo dela e a chame de safada sussurrando no ouvido.”

Making of - Kamilla Salgado e Eliéser (Foto: Anderson Barros / Paparazzo)Eliéser sobre sexo com Kamilla: “Ela gosta que
pegue no cabelo ela e a chame de safada”

E o ex-BBB não precisa se preocupar: segundo a paraense, não tem essa de precisar fingir orgasmo. “Cada vez que a gente transa, é no mínimo duas vezes (o orgasmo). A gente tem muita química e isso é bom até para ele, porque o homem gosta de sentir que está agradando, ? É bom não só para me satisfazer, mas para ele também”.

Posição preferida
Apesar da falta de rotina no sexo, tanto ele quanto ela têm suas preferências quando o assunto são as posições sexuais. “Todo mundo tem uma preferida, ? A que gosto mais é ela de quatro e eu por trás, é a que mais sinto prazer. No caso dela, sinto que ela gosta de ficar em cima, às vezes. A Kamilla é mais dominadora e eu gosto de ser dominado”, entrega.

A paraense tem outra resposta: “Rola muita coisa, mas na hora do finalmente, finalmente mesmo, gosto do clássico papai e mamãe. Nessas horas, sou um pouco mais tradicional”, despista.

Nada de sexo anal, nudes e nem sexo à três
Algumas coisas, no entanto, não entram no repertório sexual dos dois. “Eu e Kamilla somos muito bem resolvidos sexualmente, trocamos ideias e conversamos sobre tudo. Ela já sabe o que eu não gosto e eu já sei o que ela não gosta. Sexo anal a gente não faz, por exemplo, não é muito nossa linha”, diz Eliéser.

Kamilla Salgado e Eliéser (Foto: Anderson Barros / Paparazzo)Kamilla e Eliéser nunca pensaram em sexo a três.
“Ficaria incomodado”, diz ele

Ménage à trois também não. “Nunca nem pensamos nisso. Sou muito ciumento e possessivo, não ia aceitar. Mesmo com duas mulheres eu ficaria incomodado”, admite ele. Kamilla concorda: “Nesse sentido a gente se parece muito, também não me sentiria à vontade com outra pessoa.”

Quem sonha em encontrar nudes do casal perdidas pela web também pode tirar seu cavalinho da chuva. “Não fazemos por questão de segurança. Há muitos hackers por aí, imagina se alguém entra e acessa meu celular? É por isso que a gente não grava e nem envia vídeos íntimos um para o outro. Não vou nem dizer que a gente nunca mandou foto, mas é raro e é aquela coisa, recebe e apaga na mesma hora, sabe?”, garante Eliéser.

Noite de núpcias
Os dois sobem ao altar em setembro, com um festão para 250 pessoas, em São Paulo. Apesar de não poderem emendar a festa com a lua de mel por causa da agenda de trabalho, eles têm altas expectativas para a noite de núpcias. “Espero que a gente não entre para o percentual de casais que chega no hotel e nada acontece, que só rola no dia seguinte. Tem que rolar na hora, óbvio! Espero que a gente saia da festa e chegue ao hotel com o nosso pique todo”, comenta Kamilla. “Estou preparando vários detalhes, mas não posso falar aqui senão vai estragar a surpresa para ela. Será uma coisa louca”, adianta.


Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook